insignificante
Saturday, April 30, 2022
 

 É um livrinho, bolso e leve, curioso.

Sem grandes novidades um paleontólogo conta-nos a vida até à 6ª grande extinção.

claro que estamos permanentemente a extinguirmo-nos, e todavia há algum desejo.


Labels: ,

 
Friday, April 29, 2022
  "Jambalaya (On The Bayou)" by The LUCKY DUCKIES

E o Coliseu encheu:

um grande espectáculo, e excelentes músicos!

Labels: ,

 
Thursday, April 28, 2022
 

 É notável o filme sobre a Cesária Évora!

https://vertentesdocinema.com/cesaria-evora/ 

aqui uma apreciação que compartilho!

uma noite em maravilha.
 

Labels: ,

 
 

 Acumulam-se leituras....12 ou 13..... maiores e menores urgentes ou só diligentes.... algumas de lazer absoluto.... 2 ou 3 romances ou espécies parecidas, 3 ou 4 de teoria e prática socio-ambiental, 2 ou 3 sobre energia e clima,  e 2 sobre viagens... acabo este, também de viagens e de espírito. 

Desenho brilhante e uma estória, de re-encarnação.

no dia em que volto a almoçar com o meu velho amigo Jeremias, a caminho dos 90. Talvez, também, a caminhar paralelo à sombra, do tempo.


Labels: , ,

 
  Cesária Évora - Sodade

Hoje no Indie vamos começar com um documentário sobre a grande Cesária.

Labels: ,

 
Wednesday, April 27, 2022
 

 Perec conseguiu escrever um romance sem usar uma única vez a letra e.

Na exposição "Proibido por inconveniente" encontrei este textos delicioso, contra a censura:

mas podia e ser-lhe o barrete ser contra o aborto ortográfico! Nem mais. Tira-se uma letra aqui, outra acolá e fica a salgalhada que conhecemos.
 

Labels: ,

 
 

 Ainda recordo de ter andado com este (ou terá sido o nº4 ou 5) na pasta.....

a luta anti-colonial foi um elemento estruturante do nosso comprometimento.


Labels: , ,

 
Tuesday, April 26, 2022
 

É um filme escatológico.... que valeu (sala cheia na Cinemateca) pelo notável texto de João Bénard da Costa distribuido.....a acompanhar,

já o tinha visto há talvez 45 anos.... e achei muito datado,  ainda que hoje tenha outra leitura para os fantasmas e relevâncias para que este remete.

Referências e processos de poder, de poderes.....

Labels: ,

 
 

 Não posso concordar com o meu querido amigo Miguel, editor e prologador deste livro que o coloca em píncaros,  livro interessante é certo e com ideias inovadoras (o desmontar total do mito da dialéctica e do pensamento marxista e do pensamento dogmático, por exemplo) e elaborados conceitos socio-filosóficos (excelente o capítulo com as cábulas das suas aulas, e o seu sentido histórico-filosófico), mas não é de forma alguma um teórico do eco-socialismo, seja isso o que seja. Mas há outros, e muito melhores, mesmo em Espanha!

Desde logo pelo depreciar do pensamento notável de Ivan Illitch e o menorizar de André Gorz, vulgo também Michel Bosquet, em duas linhas! Ainda por cima mentirosas.

Leitor atento do Capital de Marx encontra-lhe contradições importantes e valoriza o último capítulo na linha dos escritos de juventude desse, que são de facto muito aproveitáveis (manuscritos económico-filosóficos). Alguns divagações específicas sobre lutas internas do comunismo (que fazem lembrar as contradições no trosquismo) também se lêem com agrado.



Labels: , ,

 
Monday, April 25, 2022
 

 É um boneco bonito, escolho de entre os muitos que recebi ontem, porque é absolutamente claro e obvio.

e como alguém me disse"O silêncio fala mais que nenhuma palavra". Os bonecos também.


Labels: ,

 
 

 Foi para poder ter palavra e nos podermos opôr às destruições socio-ambientais que lutámos e fizemos o 25 A.


 claro que nunca será dita a última palavra, isso é democracia!


Labels: , ,

 
  Os Ganhões de Castro Verde, cantam "Grândola, Vila Morena"

Labels: ,

 
 


 Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Labels:

 
Sunday, April 24, 2022
 

 "Adieux au Prolétariat", de André Gorz, veio-me à memória ao ler uma crítica imbecil a esse livro e a Ivan Ilitch no livro do dito teórico do eco-socialismo Manuel Sacristán  e ao ver o voto massivo da classe operária, seja isso o que seja, e dos trabalhadores de serviço, na Marine Le Pen, e talvez no eco-fascismo que ela defende.

O voto comunista passa sem problemas para voto fascista, essas ideologias têm muitos pontos comuns, desde logo o ódio à democracia liberal e à suas lógicas e à defesa de valores de ambiente e civilidade.

Ainda não conclui a leitura do livro de Sacristán mas penso o pior das suas formulações e pensamento dogmático, até ao momento.

Este livro aqui, que ele é incapaz de criticar a não ser com os dogmas, é muito importante na formatação do pensamento ecologista social e libertário, de um dos melhores teóricos do nosso pensamento.

Na véspera do glorioso 25 de A com grande satisfação assistimos a uma vitória da Europa sobre a negação dos direitos, em França, embora de Marcron não se espere nada, dados os interesses que defende. Mas pelo menos permite respirar e a liberdade de dizer não.

Labels: , , ,

 
 

 A Herdade da Contenda tem muita estória e história e muita natureza e biodiversidade. Já teve mais, muito mais, biodiversidade, até ao final dos anos 60 havia por aqui lobos, entre outras espécies. Esteve em muito, muito más mãos durante alguns períodos, há talvez 20 anos e menos. Agora, finalmente, está em boas mãos, capazes de lhe dar futuro e até, quem sabe, aos lobos, que se poderão vir a espalhar....

O lince já tem registo por aqui e também uma excelente exposição, ontem inaugurada, numa cerimónia simpática.

Vale a pena ir visitá-la e divulgá-la, assim como estabelecer um plano de visitas, limitadas e controladas à Herdade.

Aqui um painel de grandes dimensões:

que sugeri fosse editado, com os outros em papel, mas poderiam ser colocados em linha, digital.

Também gostei de ver a sede da Herdade, na Antiga Escola Primária, dotada de painéis fotovoltaicos e também térmicos.

Um muito interessante filme sobre a Herdade acompanha a exposição.

 


este é um livrinho simpático, mas pouco pedagógico, que nos foi ofertado, com outros materiais de melhor qualidade, brochura e folhetos. Há que continuar nesta via e melhorar!

Labels: , , ,

 
 

 Este é um notável quadro de Paula Rego no Museu do Chiado:

e este um simpático "regresso do Mercado, de 1866" de Silva Porto, onde registo os burrinhos, carregados, no mesmo Museu.




Labels: , ,

 
Thursday, April 21, 2022
 

Ideias foram produzidas após a projecção do El Regalo. Desde a sua projecção noutros locais, vários, até a produção de filmes sobre temas laterais, a economia de energia, as poupanças e eficiência e também a reciclagem e renováveis. Fomos poucos mas com-laços....

Hoje a vida continuou, com os arranjos finais da visita do Eduardo e mais umas anestesias dentais, assim como a continuação de leituras de Manuel Sacristán, que tenho que dizer não está a ser novo nem original, antes pelo contrário.

Estou a meio no final comentarei com detalhe.

A minha posição sobre esta guerra, nuclear, e contra o clima e os direitos é conhecida, assim como a minha oposição não violenta à guerra e a defesa da resistência civil não violenta, assim como novas formas de luta pacíficas para resistir aos rolos compressores da propaganda, de guerra. 

Parece que estamos no 1984, a guerra é a paz e a verdade é a mentira. Claro que todos sabemos que há um invasor, um agressor, um ditador putinesco, mas do outro lado.... não é muito melhor, no fundo.....só que não é invasor, é agredido, e é um "grande irmão" da propaganda, sendo que esmaga, também, os direitos.....

Claro que a análise dos factos não permite o abuso destes. 

Um 25 de Abril é preciso. E esse não é propriedade de ninguém.

Labels: , , ,

 
Wednesday, April 20, 2022
 

 É hoje!



Labels: ,

 
Tuesday, April 19, 2022
 

 É um livro mais duro que a vida.


Na superfície da charca

Plouf

Um momento

Labels: , ,

 
Sunday, April 17, 2022
 

 De vez em quando fala-se que a mineração patatti, patata, que depois recuperam as zonas mineradas, patati, patata, pois esta há mais de 40 anos que deixou de ser minerada:


para quem não identificar é a Central de Cabo Mondego da CIMPOR e a zona minerada, da sua responsabilidade, e a recuperação.... há mais de 40 anos....em espera.



Labels: ,

 
Friday, April 15, 2022
  Giussepe Verdi (namadrugada) - Coro dos escravos hebreus (Va, pensiero) ...

Boa Pessach. Ainda me lembro do pão ázimo.

Labels: ,

 
Thursday, April 14, 2022
 

 De Miguel Boieiro:

"O cajueiro é uma pequena árvore tropical que, por enquanto, não vegeta na Europa, mas o seu fruto seco, o caju, é por demais conhecido. Referira-se que o nome caju (planta frutífera) provém do idioma tupi que depois se transmitiu à língua portuguesa e daí ao inglês (cashew). No entanto, em francês denomina-se anacarde (coração invertido, do grego) O seu nome científico foi designado por Anacardium occidentale, espécie da família botânica das Anacardiaceae."

Um excerto de mais uma magnífica descrição ora desta:

quem quiser receber os doutos contributos que para conhecimento maior ele envia aos amigos é só dizer.
 

Labels: ,

 
 

 


pois fiquei com a mesma resposta, é um livro que eu dispensaria, não me acrescentou nada ao Climate Change de Naomi Klein, que esse sim é fantástico.

Mas não digo que não seja útil e até com uma ou duas novidades, li-o com a ilusão do pai da autora.

E tem dele a mesma meticulosidade (27 páginas de notas! é obra)

Aqui registo.

Labels: , ,

 
Tuesday, April 12, 2022
 

 Saíu no último número da Gazeta da Beira:

A moral e a política

Sobre  o eco-fascismo e o animalismo

“ Os meios para atingir um fim são já o fim”

Hannah Arendt

“ O homem não é um meio em busca de um fim, o homem é um fim em si”

Immanuel Kant

 

Passou relativamente despercebida a adesão de uma das deputadas do Partido Animalista, das mais radicais desse, até foi referido que era do grupo armado desse partido, ao Chega. Nada de novo no horizonte, sobretudo para quem tem denunciado há muito a sobreposição desses dois grupos historicamente e também na actualidade (e nem é preciso ir até à extinta Brigitte Barbot, mas tantos outros casos....)

O nazismo, e os seus sucessores invocam os direitos dos animais para escamotearem as lógicas de equilíbrio ambiental e os verdadeiros direitos que são os humanos. Muitas pequenas histórias se poderiam contar sobre o tema, mas o que interessa é a ideologia e a sua prática.

Infelizmente e entre nós tem havido quem tenha ido nesse embalo socio-ideológico e  confunda os nossos deveres de criação, tratamento e cuidado (que também passa por lhes dar utilidade objectiva, e ninguém melhor para tal que os criadores), que temos e devemos para com os animais, o gado e outros domésticos, mas também para com  animais enclausurados, seja em casas seja em jardins ou parques zoológicos, infelizmente há quem confunda isso com lógicas políticas de animalismo sem se aperceber que estão a gerar o ovo da serpente, o fascismo subliminar.

Muitas vezes em contradição com a protecção da biodiversidade, mas o que é que isso interessa se protegermos o luluzinho?

 

 O nazismo baseia-se no mito da terra pura, da nação redentora, de uma sociedade perfeita, está articulado com a lógica do criacionismo e aí temos o momento de interligação com o animalismo que atribui aos animais a mesma dignidade que aos humanos, os coloca no mesmo patamar (o Holocausto é para isso uma referência de deshumanização! Do nazi-animalismo) . Obtido esse entendimento toda a ciência é colocada ao serviço da ideologia, e tudo o que é desconforme é expulso.

Tem havido um pouco por todo o mundo movimentos e partidos eco-fascistas que agrupam essas duas lógicas, que estão sempre agregadas, mesmo quando existem elementos desintegradores dessas, como tenho-o denunciado a  tentativa de co-optação de práticas de ruralidade por movimentos nazis em extremos opostos dos animalistas.

Nada do que parece é, todavia.

São duas caras da mesma moeda, que desvirtuam a vida rural, as suas práticas sócio-antropológicas, em nome seja de um discurso fechado para dentro de um imaginário mitológico seja de uma emergência puritana eivada como a outra de fundamentalismo animista.

Uma tema sobre o qual é necessário debate, que infelizmente não se pode ter com nenhuma das duas abas desse chapéu do eco-fascismo, que se julga detentor de verdades absolutas e incapaz de perceber o homem, enfim.

Só a irreversibilidade e a imprevisibilidade distinguem os homens dos deuses. Como diria Hannah Arendt.

Nota final: conheço e até estimo alguns prosélitos do animalismo. Que não têm claro a sua lógica e que por vezes saindo desse buraco são estimáveis companheiros em lutas ambientais. Noutras são os piores inimigos da Terra. É a vida.

 


Labels: , , ,

 
 

 Alteração! Alteração!



Labels: , ,

 
 

 A não violência vai tecendo malhas, contra a guerra, que não em favor da passividade mas sim do empenho vivo e criativo contra os dois lados e em favor da paz. Paz que não é só a ausência de guerra, tem que ver com tantas outras circunstâncias e complementaridades.

Resistir ao arbítrio, precaver-se dele e  levantar-se. Tudo ao contrário que fizeram as vítimas do Holocausto, que são soberbamente retratadas neste livro angustiante de Elie Wiesel:

que agora reli. Não compaginamos com a lógica de ovelhas ingénuas a enfileirar para o matadouro.

Se não ouvir e não compreender a irracionalidade passa, não passa a sujeição e a inércia. A resistência civil não violenta é o caminho. Mesmo neste caso.


Labels: , ,

 
Monday, April 11, 2022
 

 Um número excelente da revista Quercus!

cheio de artigos de grande interesse e com meia dúzia de referências, livros, vídeos, bases de dados de alto valor.


Labels:

 
Sunday, April 10, 2022
 

 Estive em Barrancos na feira do Presunto e dos Enchidos, vulgo Expo-Barrancos. Esteve simpática mas intratável o ruído na zona de comes, e supostamente de conversas mas que o alto volume tornaram impossíveis. Gostei especialmente das Sevilhanas e do grupo de cante feminino. Pena que a Banda não tivesse condições para actuar, assim como a péssima acústica com que se deparou o cante, seja os microfones seja o espaço.

As casas do costume mantiveram a tradição dos comes, presuntos e enchidos mas penso que o artesanato terá que ser repensado. Depois de dois anos de pausa foi um reinício.

Estive também em Zafra, com um velho amigo Miguel Manzanera, que me presentou um livro seu, uma compilação de textos de Manuel Sacristán, um dos principais teóricos do eco-socialismo, de que aqui escreverei ..... e falámos de Gramsci, a propósito do optimismo da vontade e o pessimismo da inteligência, que é metido debaixo do tapete por Francisco Louçã numa interessante entrevista ao Expresso, onde vejo alguma evolução sua em direcção ao pacifismo.

Pacifismo e não violência que me levam a um corte total com uma pessoa que tinha em estima mas que se revelou de uma boçalidade e de uma ignorância confrangedora. Não soube ler artigo que aqui publicámos, e não soube pensar. Em vez de apresentar dúvidas ou críticas achou que o insulto era o argumento e sem compreender a lógica dos blogs, e deste, achou que deveria ter aqui contraditório ou exposição.Talvez para ela poder bolsar aqui a sua bílis, ou o seu sem-sentido.

Pois os blogs, ao contrário do facecú são, na generalidade espaços de reflexão e não como outros meios em rede locais para bolsar palavras de ordem e fazer do vazio balão.

Participo naquilo que entendo, em debates e polémicas, desde que obedecendo a regras, que no social nético não existem.

No caminho fiz exercícios de cultivo de memória, que se vai reduzindo, mas essa é a lei da vida. 

https://elcuadernodesilvestre.blogspot.com/2021/05/burra-soo.html

e acima uma das minhas paixões.


Labels: , ,

 
Thursday, April 07, 2022
 

 Sózinho contra o mundo?



Labels:

 
 

 Continuamos cheios de leituras, umas mais interessantes que outras. Esta é uma referência que ganhou pouco com o tempo, mas que continua um clássico, com algumas teorizações de absoluta actualidade.

lamento que lhe subjaza um certo misticismo visionário que felizmente não se concretiza nessa linha. 

Talvez seja muito pior.....

Labels: , ,

 
Wednesday, April 06, 2022
 

Resistimos à guerra

1-Hoje um velho camarada enviou-me um texto de um general russo disfarçado com um nome português, um desses que fala nas televisões sobre o massacre de Bucha. Fez-me lembrar este de Katyn: https://pt.wikipedia.org/wiki/Massacre_de_Katyn
Que Stalin atribuía aos nazis.... para bom entendedor.
Estamos mergulhados em mentira, informação falsa e contra informação, mas a realidade vem sempre ao de cima.
2- Temos dito repetidas vezes que falta uma, uma voz não violenta que defenda a resistência civil desarmada e uma oposição intransigente à guerra e violação dos direitos, todos. Em linha com o textos dos WRIs que divulgamos e com o que eu próprio aqui coloquei.
3- E é inacreditável, e nem me falem de contraditório que os jornalistas da guerra ou os editores que os têm em mão não sabem o que é, pensam que é dar voz aos generais russos ou aos espiões, é inacreditável que a resistência à guerra não tenha voz.
4- E vamos assistindo ao lavrar das consciências pela Arte da Guerra. Ontem num jornal que na 1ª série deu algumas ajudas importantes a causas ambientais, eu e G.R.T. tínhamos aí regularmente voz, e que agora se converteu ao correioda”manhismo” titula (encomenda de quem?) que o S.M.O. estaria de regresso (e os 2% para as brincadeiras bélicas que ninguém contesta, também....). Pois é altamente improvável, lendo o próprio artigo se vê o ridículo do título, embora esse faça o mesmo serviço que os arautos da nuclear fazem por outro lado. Mantêm viva uma mística das armas redentoras.
Nós resistentes à guerra e objectores de consciência continuamos a lutar contra as guerras, sem essa nossa luta os procedimentos sociais vigentes  (e o S.M.O. é um deles) conduziriam à catástrofe e a sociedade afundar-se-ia. A guerra é a negação do direito. De todo ele. Continuamos a esgravatar, como fungos....

Labels: , ,

 
 

 Num nenúfar uma rã

Ensombreada por uma águia

Splash

Labels:

 
Monday, April 04, 2022
 

Hoje com solicitação de difusão, artigo pessoal, mas que mereceu a concordância de outros #Resistentes à Guerra#.

É inacreditável o muro de silêncio que envolve o pensamento alternativo, não violento e na linha da resistência civil política e socialmente empenhada. E há mais de um mês que vimos gritando contra o deserto.

Assim como o silêncio sobre as consequências ambientais da guerra imperialista e pelos recursos em curso, assim com a parcialidade com que esta é tratada. Não há bons e maus, os direitos são ofendidos dos dois lados. Objectores de consciência são perseguidos dos 2 lados. E dos dois lados o dedo está sobre a bomba.

E não, não há nenhum nuclear bom.

O artigo foi enviado a alguns orgãos de comunicação social e nem teve resposta. Aqui está:

Rompamos com o silêncio

A resistência civil e política não violenta

1-     1-Esta guerra é contra o clima. Não existe nenhuma informação pública sobre as emissões dos exércitos (mesmo quando não há guerra). Os gastos militares estão excluídos dos protocolos de Kyoto e dos acordos de Paris. Não há documentação sobre as emissões do fabrico de armas nem das que se produzem nas manobras e manutenção dos exércitos e claro nenhuma sobre as guerras, onde se queima tudo, todo o combustível, seja em bombardeamentos seja em acções correntes. Temos todavia um dado, os EUA emitiram 1.200 milhões de toneladas de gases efeito de estufa na guerras desde 2001 o equivalente a 257 millhões de automóveis/ano.

O mundo segundo o SIPRI (Instituto para a Paz de Estocolmo) gastou mais 2 mil milhões de milhões (2.000.000.000) de dólares em armas e sem que uma única voz tenha rompido o tenebroso silêncio do politicamente correcto e da ditadura de alguns médias dominantes , nem uma voz se ouviu a contestar o aumento de quase 100% das despesas militares, nos nossos países, para 2% . Vergonhoso.

Esta guerra é, nenhum dos nossos especialistas o diz, uma guerra climática, por combustíveis fósseis, quem o diz é Svitlana Krakovska, especialista climática ucraniana, mas há muito que o sabíamos, mas em general é ignorado.

2-      2-Esta guerra, também, pesem os propagandistas desta tecnologia moribunda anunciarem o contrário, é o desmascarar final da nuclear, civil e militar. As ameaças, ao arrepio dos próprios tratados nucleares internacionais da ditadura russa, e os estragos e radiações que já foram emitidas pela ocupação e destruição em locais de centros radiológicos mostram claramente que não há nenhum nuclear seguro, que os riscos são em qualquer caso imensos e é, também uma tecnologia que nos deixa nas mãos de Putin e dos seus aliados para o abastecimento de urânio, ora.....

3-     3-São igualmente os direitos humanos pisoteados em nome de ideias que ao longo da história tem conduzido às maiores vilezas, massacres, Holocausto sobre qualquer das suas diversas formas, mas sempre em nome do ódio, do ódio ao outro, seja esse normalmente assumido como patriotismo ou nacionalismo, espaço vital, culto da raça, religião, ou até simplesmente da forma de expressão e da fala.

4-     4-Tem sido pouco referidos esses elementos que são a tripeça que sustenta esta guerra, mais esta guerra, que se bem que tendo responsabilidades inequívocas de um dos lados, mesmo se compreendermos que há efeitos que induzem a esta, pois esta guerra e invasão imperial tendo tido um culpado entrou numa lógica suicidária. Não é com água que se combate o fogo. Os apelos permanentes a um escalar do conflito são totalmente contraproducentes. Só se acaba com a guerra lutando contra a guerra.

A oposição civil não violenta, a desobediência activa, o envolvimento pessoal no empenho contra a guerra deveria ao contrário do que é estimulado pelos nossos, e noutros países, órgãos de comunicação social tema chave para um processo de parar, parar já esta loucura, caminhar para um cessar fogo, e a construção de novas relações que excluam o ódio e promovam a fraternidade entre os povos.

Para chegar a esse ponto há que iniciar o caminho, como quando Rosa Parks ocupou um lugar, como quando um indiano recolheu sal do mar, como quando uma florista colocou um cravo numa arma. Na Ucrânia houve uma experiência não violenta exemplar, como já tinha havido noutros países do leste da Europa. Recusar a guerra, dizer não à guerra, porque continuamos amigos da terra.


Labels: , ,

 
Sunday, April 03, 2022
  VITA ACTIVA: O Espírito de Hannah Arendt (2016, Documentário Completo, V...

Um filme que retrata bem a complexidade de uma personalidade de excelência, que como não era Deus cometeu erros e fez análises menos certas, mas contribuiu para um pensamento político e sociológico que perdura.

Labels: ,

 
 

 Foi um livro que tentei prolongar a leitura, tal fascinante estava a ser.

nele fui descobrindo ou re-descobrindo as minhas Espanhas, todas e mais. Uma escrita comprometida com o amor a este território, que não é um país, onde falta o bocadinho que somos.

Encontrei muitas coisas, eu que estou farto de ver castelos do Cid, aqui penso o original!

https://www.terranostrum.es/turismo/fortaleza-califal-de-gormaz

mas muitas outras estórias, por exemplo o capítulo sobre o flamengo é genial.


Labels: , ,

 
Saturday, April 02, 2022
  Joan Baez-Here's To You (Nicola and Bart)

Labels: ,

 
  Ennio Morricone: compositor de trilhas inesquecíveis do cinema morre aos...

Ontem uma sala a abarrotar (S.Jorge) viu o excelente filme de Giuseppe Tornatore  #Ennio# e aplaudiu, largos minutos, o maestro.

Labels:

 
civetta.buho@gmail.com

ARCHIVES
06/01/2003 - 07/01/2003 / 07/01/2003 - 08/01/2003 / 08/01/2003 - 09/01/2003 / 09/01/2003 - 10/01/2003 / 10/01/2003 - 11/01/2003 / 11/01/2003 - 12/01/2003 / 12/01/2003 - 01/01/2004 / 01/01/2004 - 02/01/2004 / 02/01/2004 - 03/01/2004 / 03/01/2004 - 04/01/2004 / 04/01/2004 - 05/01/2004 / 05/01/2004 - 06/01/2004 / 06/01/2004 - 07/01/2004 / 07/01/2004 - 08/01/2004 / 08/01/2004 - 09/01/2004 / 09/01/2004 - 10/01/2004 / 10/01/2004 - 11/01/2004 / 11/01/2004 - 12/01/2004 / 12/01/2004 - 01/01/2005 / 01/01/2005 - 02/01/2005 / 02/01/2005 - 03/01/2005 / 03/01/2005 - 04/01/2005 / 04/01/2005 - 05/01/2005 / 05/01/2005 - 06/01/2005 / 06/01/2005 - 07/01/2005 / 07/01/2005 - 08/01/2005 / 08/01/2005 - 09/01/2005 / 09/01/2005 - 10/01/2005 / 10/01/2005 - 11/01/2005 / 11/01/2005 - 12/01/2005 / 12/01/2005 - 01/01/2006 / 01/01/2006 - 02/01/2006 / 02/01/2006 - 03/01/2006 / 03/01/2006 - 04/01/2006 / 04/01/2006 - 05/01/2006 / 05/01/2006 - 06/01/2006 / 06/01/2006 - 07/01/2006 / 07/01/2006 - 08/01/2006 / 08/01/2006 - 09/01/2006 / 09/01/2006 - 10/01/2006 / 10/01/2006 - 11/01/2006 / 11/01/2006 - 12/01/2006 / 12/01/2006 - 01/01/2007 / 01/01/2007 - 02/01/2007 / 02/01/2007 - 03/01/2007 / 03/01/2007 - 04/01/2007 / 04/01/2007 - 05/01/2007 / 05/01/2007 - 06/01/2007 / 06/01/2007 - 07/01/2007 / 07/01/2007 - 08/01/2007 / 08/01/2007 - 09/01/2007 / 09/01/2007 - 10/01/2007 / 10/01/2007 - 11/01/2007 / 11/01/2007 - 12/01/2007 / 12/01/2007 - 01/01/2008 / 01/01/2008 - 02/01/2008 / 02/01/2008 - 03/01/2008 / 03/01/2008 - 04/01/2008 / 04/01/2008 - 05/01/2008 / 05/01/2008 - 06/01/2008 / 06/01/2008 - 07/01/2008 / 07/01/2008 - 08/01/2008 / 08/01/2008 - 09/01/2008 / 09/01/2008 - 10/01/2008 / 10/01/2008 - 11/01/2008 / 11/01/2008 - 12/01/2008 / 12/01/2008 - 01/01/2009 / 01/01/2009 - 02/01/2009 / 02/01/2009 - 03/01/2009 / 03/01/2009 - 04/01/2009 / 04/01/2009 - 05/01/2009 / 05/01/2009 - 06/01/2009 / 06/01/2009 - 07/01/2009 / 07/01/2009 - 08/01/2009 / 08/01/2009 - 09/01/2009 / 09/01/2009 - 10/01/2009 / 10/01/2009 - 11/01/2009 / 11/01/2009 - 12/01/2009 / 12/01/2009 - 01/01/2010 / 01/01/2010 - 02/01/2010 / 02/01/2010 - 03/01/2010 / 03/01/2010 - 04/01/2010 / 04/01/2010 - 05/01/2010 / 05/01/2010 - 06/01/2010 / 06/01/2010 - 07/01/2010 / 07/01/2010 - 08/01/2010 / 08/01/2010 - 09/01/2010 / 09/01/2010 - 10/01/2010 / 10/01/2010 - 11/01/2010 / 11/01/2010 - 12/01/2010 / 12/01/2010 - 01/01/2011 / 01/01/2011 - 02/01/2011 / 02/01/2011 - 03/01/2011 / 03/01/2011 - 04/01/2011 / 04/01/2011 - 05/01/2011 / 05/01/2011 - 06/01/2011 / 06/01/2011 - 07/01/2011 / 07/01/2011 - 08/01/2011 / 08/01/2011 - 09/01/2011 / 09/01/2011 - 10/01/2011 / 10/01/2011 - 11/01/2011 / 11/01/2011 - 12/01/2011 / 12/01/2011 - 01/01/2012 / 01/01/2012 - 02/01/2012 / 02/01/2012 - 03/01/2012 / 03/01/2012 - 04/01/2012 / 04/01/2012 - 05/01/2012 / 05/01/2012 - 06/01/2012 / 06/01/2012 - 07/01/2012 / 07/01/2012 - 08/01/2012 / 08/01/2012 - 09/01/2012 / 09/01/2012 - 10/01/2012 / 10/01/2012 - 11/01/2012 / 11/01/2012 - 12/01/2012 / 12/01/2012 - 01/01/2013 / 01/01/2013 - 02/01/2013 / 02/01/2013 - 03/01/2013 / 03/01/2013 - 04/01/2013 / 04/01/2013 - 05/01/2013 / 05/01/2013 - 06/01/2013 / 06/01/2013 - 07/01/2013 / 07/01/2013 - 08/01/2013 / 08/01/2013 - 09/01/2013 / 09/01/2013 - 10/01/2013 / 10/01/2013 - 11/01/2013 / 11/01/2013 - 12/01/2013 / 12/01/2013 - 01/01/2014 / 01/01/2014 - 02/01/2014 / 02/01/2014 - 03/01/2014 / 03/01/2014 - 04/01/2014 / 04/01/2014 - 05/01/2014 / 05/01/2014 - 06/01/2014 / 06/01/2014 - 07/01/2014 / 07/01/2014 - 08/01/2014 / 08/01/2014 - 09/01/2014 / 09/01/2014 - 10/01/2014 / 10/01/2014 - 11/01/2014 / 11/01/2014 - 12/01/2014 / 12/01/2014 - 01/01/2015 / 01/01/2015 - 02/01/2015 / 02/01/2015 - 03/01/2015 / 03/01/2015 - 04/01/2015 / 04/01/2015 - 05/01/2015 / 05/01/2015 - 06/01/2015 / 06/01/2015 - 07/01/2015 / 07/01/2015 - 08/01/2015 / 08/01/2015 - 09/01/2015 / 09/01/2015 - 10/01/2015 / 10/01/2015 - 11/01/2015 / 11/01/2015 - 12/01/2015 / 12/01/2015 - 01/01/2016 / 01/01/2016 - 02/01/2016 / 02/01/2016 - 03/01/2016 / 03/01/2016 - 04/01/2016 / 04/01/2016 - 05/01/2016 / 05/01/2016 - 06/01/2016 / 06/01/2016 - 07/01/2016 / 07/01/2016 - 08/01/2016 / 08/01/2016 - 09/01/2016 / 09/01/2016 - 10/01/2016 / 10/01/2016 - 11/01/2016 / 11/01/2016 - 12/01/2016 / 12/01/2016 - 01/01/2017 / 01/01/2017 - 02/01/2017 / 02/01/2017 - 03/01/2017 / 03/01/2017 - 04/01/2017 / 04/01/2017 - 05/01/2017 / 05/01/2017 - 06/01/2017 / 06/01/2017 - 07/01/2017 / 07/01/2017 - 08/01/2017 / 08/01/2017 - 09/01/2017 / 09/01/2017 - 10/01/2017 / 10/01/2017 - 11/01/2017 / 11/01/2017 - 12/01/2017 / 12/01/2017 - 01/01/2018 / 01/01/2018 - 02/01/2018 / 02/01/2018 - 03/01/2018 / 03/01/2018 - 04/01/2018 / 04/01/2018 - 05/01/2018 / 05/01/2018 - 06/01/2018 / 06/01/2018 - 07/01/2018 / 07/01/2018 - 08/01/2018 / 08/01/2018 - 09/01/2018 / 09/01/2018 - 10/01/2018 / 10/01/2018 - 11/01/2018 / 11/01/2018 - 12/01/2018 / 12/01/2018 - 01/01/2019 / 01/01/2019 - 02/01/2019 / 02/01/2019 - 03/01/2019 / 03/01/2019 - 04/01/2019 / 04/01/2019 - 05/01/2019 / 05/01/2019 - 06/01/2019 / 06/01/2019 - 07/01/2019 / 07/01/2019 - 08/01/2019 / 08/01/2019 - 09/01/2019 / 09/01/2019 - 10/01/2019 / 10/01/2019 - 11/01/2019 / 11/01/2019 - 12/01/2019 / 12/01/2019 - 01/01/2020 / 01/01/2020 - 02/01/2020 / 02/01/2020 - 03/01/2020 / 03/01/2020 - 04/01/2020 / 04/01/2020 - 05/01/2020 / 05/01/2020 - 06/01/2020 / 06/01/2020 - 07/01/2020 / 07/01/2020 - 08/01/2020 / 08/01/2020 - 09/01/2020 / 09/01/2020 - 10/01/2020 / 10/01/2020 - 11/01/2020 / 11/01/2020 - 12/01/2020 / 12/01/2020 - 01/01/2021 / 01/01/2021 - 02/01/2021 / 02/01/2021 - 03/01/2021 / 03/01/2021 - 04/01/2021 / 04/01/2021 - 05/01/2021 / 05/01/2021 - 06/01/2021 / 06/01/2021 - 07/01/2021 / 07/01/2021 - 08/01/2021 / 08/01/2021 - 09/01/2021 / 09/01/2021 - 10/01/2021 / 10/01/2021 - 11/01/2021 / 11/01/2021 - 12/01/2021 / 12/01/2021 - 01/01/2022 / 01/01/2022 - 02/01/2022 / 02/01/2022 - 03/01/2022 / 03/01/2022 - 04/01/2022 / 04/01/2022 - 05/01/2022 / 05/01/2022 - 06/01/2022 / 06/01/2022 - 07/01/2022 / 07/01/2022 - 08/01/2022 / 08/01/2022 - 09/01/2022 /


Powered by Blogger