insignificante
Monday, February 28, 2022
 

 Não posso dizer que o astral, seja isso o que seja, esteja minimamente em condições.

Os dias seguem, e os mortos enterram os seus mortos, como dizem as escrituras, com interpretações para todos os gostos, mas de facto só quer dizer que esse é o nosso fim biológico e nada mais.

Continuo a ler o livro de Hannah Arendt referido em posta anterior, sobre a Condição Humana, livro denso e de difícil assimilação, mas rico em formulações e análises de toda a actualidade:

são 500 e tal páginas em escrita de poche, que tem requerido outras leituras intercalares, de que tenho aqui dado conta, agora comecei outro livro, sobre um tema que tenho a peito e de um escritor, na minha linha libertária e ecologista.

Também irá ser leitura cheia.....

o colapso não é a brincar e o momento, a véspera, sempre a véspera da guerra, que pode acabar com todas as guerras, toca-nos a rebate. 

Claro que voltarei a estas leituras.....



Labels: , , ,

 
Sunday, February 27, 2022
 

 Um levantamento meticuloso e muito importante:

uma opção cada vez, mais importante e com mais rentabilidade, e não é só nestes locais, o aproveitamento geotérmico pode ser generalizado!


Labels: ,

 
Saturday, February 26, 2022
 

 Interrompi a leitura do livro, notável, de F.P.M., para ler este curioso de Alberto Moravia:

onde o pretexto da viagem é base para uma história completamente freudiana.....e absolutamente moralista....

e fui, pela primeira vez este ano a uma magnifica almoçarada de lampreia, no Atlântico, ao Junqueiro, onde a simpatia do serviço se junta à alta qualidade do menú!

e a guerra continua.....



Labels: , , ,

 
Thursday, February 24, 2022
 

 Conheço o João Freire há mais de 40 anos, era ele o dinamizador da revista de cultura anarquista a Ideia, em cujo blog hoje coloca este ensaio notável, para compreender o que se passa com a Rússia!

https://aideiablog.wordpress.com/2022/02/24/ensaio-2/

só posso dizer do meu maior acordo com o escrito!

não se pode ignorar a realidade. Somos, também, todos ucranianos, contra todas as ditaduras.

Labels: , , ,

 
 

 Ontem estive a almoçar em Aroche com dois velhos amigos, António Chamizo, um conhecedor de arquivos e memórias que partilhamos, com a elaboração e o estudo que destas se devem extrair, e António Quaresma, que não via há anos e com quem o reatar de conversa e identidade foi imediato. O conheci quando era alcalde de Aroche e logo estabelecemos empatia que continua.

Deu-me uma dica deste site, estupendo:https://rutassierra.com/, onde pontificam os seus dois filhos que espero conhecer em breve.

Regressado a casa mergulho noutro livro de excelência, do meu querido amigo Fernando, que me está a deliciar, exaustivo, e com uma análise adequada. A ele voltarei:


 P.S. Rigorosa e completo é o percurso de Henrique Galvão, detalhado com rigor neste livro e com os enquadramentos relevantes. Um livro que mostra uma consulta meticulosa das fontes e documentação, do facho.


Labels: , , ,

 
Tuesday, February 22, 2022
 

 Um livro fantástico, uma novela gráfica que é jornalismo e investigação puras.

Excelente desenho e protagonistas de 1ª água.

https://www.futuropolis.fr/9782754829212/le-droit-du-sol.html

e aqui uma das 10 pranchas com o nosso amigo Bernard Laponche:




Labels: , , , ,

 
 

É difícil comentar um livro de quem tem a nossa estima e que tem produzido um trabalho, este e outros, notáveis sobre a sócio-antropologia do nosso povo, com incursões pela memória histórica de grande relevo, Dulce Simões.

Pois atrevo-me a dizer que este é mais um marco indelével na construção da identidade de Barrancos, e também um pouco de outros povos da raia.

Mas não quero deixar de mencionar algumas perplexidades e falhas, nomeadamente na estória confusa e pouco compreensível, das “guerras” entre os grupos de cante de Barrancos, onde a lógica de agradar a Herodes e a Pilates nos deixa na maior perplexidade. Tudo teve a ver com dissensões políticas, travestidas de lutas pessoais, que requeriam outro enfoque, que a autora deixa como a raposa as uvas.

Tenho que o livro beneficiaria de alguns cortes, por andar entre o académico e a necessidade de agradar aos clientes, amigos é certo que a ele deram voz, mas sem adiantarem muito, nalguns casos.

Não me agradou e esse é tema também do posfácio, e tenho que essa é uma das causas da morte do cante ou do seu declínio , a mistura desse no livro com a religião, que dele nunca fez parte, o cante é uma canção de colectivo em luta, não é uma canção de igreja em que por lógicas unesquianas o têm vindo a transformar. Não é o mesmo.

Comentei também que é um livro que balança entre o erudito académico e o popularucho o que é uma opção, respeitável, mas que torna a leitura transpirada.

Mas com essas notas críticas é um livro essencial para a cultura da raia, e de Barrancos.

está a autora muito bem na classificação da fala barranquenha, ou dialecto, como só, só oralidade, a que por graça se pode dar uma escrita. 

A partir do momento (quem? como? os linguistas? o "povo"?  algum académico contratado lhe começarem a impôr uma escrita e um ensino....) a partir desse momento, em que a converterem numa estrutura "museulógica" seguirá o caminho do latim......e perderemos esta sonoridade....

Labels: , ,

 
Monday, February 21, 2022
 

 


Labels: , ,

 
Saturday, February 19, 2022
 

 Tem sido tempos de pouco tempo, e menos escrita, salvo o O.I.E. que se vai mantendo. Leituras também menos que tenho estado encalhado na #Condition de l'Homme Moderne# de Hannah Arendt, livro difícil e muito actual, sobre o poder, os poderes que temos que enfrentar. Reuniões, muitas, seja com amigos, sejam políticas ou organizativas, um ou outro tempo para passar o olho pela televisão, cada vez mais His Master's Voice, e algumas vistas por aí.

Tempo para concordar com o dito generalizado "isto está tudo louco" que, de facto, é dominante, por todo o lado, desde o jornalismo de sarjeta que temos, salvam-se poucos jornais e jornalistas, televisivos, locutores então..., nem um, à política, onde, aí não temos senão uma ou outra alma, porque a maioria nem alma tem, no espectáculo agora é só caras e cús, que parece que nada de outro é valorizado. E o povo? os trabalhadores e o povo, esses então são o espelho onde se reflecte, nos dois sentidos a escumalha com que vamos continuando.

Não é razão para desespero, algo acabará por ocorrer que poderá dar uma volta, claro efémera, a isto.

Vamos tentar seguir, em frente, ou não.

 
 
 



Labels: , ,

 
Wednesday, February 16, 2022
 

 Um filme notável sobre uma revista de, total, referência:

https://www.youtube.com/watch?v=KQqwxJVaa30

que encontrei perdido entre coisas acumuladas. M.B.
 

Labels: , ,

 
  A casa da Mariquinhas

Labels: ,

 
Tuesday, February 15, 2022
 

 Estive numa excelente conferência para apresentação do relatório mundial sobre a nuclear:

estas as conclusões de um documento sumarento, com mais de 400 páginas (disponível no Observatório!) e de uma conferência com cerca de 2 horas.

Labels: , ,

 
Monday, February 14, 2022
 

 Aqui, um debate, fundamental:



Labels: ,

 
Sunday, February 13, 2022
 

 Ontem em colóquio na Moita, além de muitas observações genéricas julgo que contribui para o pensamento  ligado à tauromaquia de forma a integrá-lo na ruralidade, ambiente, cultura e política.

Defender as corridas de per si não é um elemento catalogável ou sequer estimável, antes pelo contrário referi que a cooptação do ambiente taurino em Espanha pelo VOX está a dar um golpe mortal, uma estocada mortal, ás corridas em Praça, independente de discussões interessantes que se desenvolvem  sobre o papel dos picadores.

Agregar a tauromaquia à extrema direita é um passo firme, uma estocada certeira para o fim das corridas, sejam mais ou menos populares. 

E claro, em Portugal a Pró-Toiro não tem noção clara dessa situação, apesar do trabalho notável que tem feito no sentido de dar conteúdo ao momento de bandeira da ruralidade que são as corridas. É lamentável o questionário que foi feito, ou melhor o levantamento das posições dos partidos sobre a festa, independentemente desse estar, como referi correcto.

Só que a bandeira tem que ser enquadrada, não se defende  sem defender o território, a sua construção e nessa o trabalho do homem a construir cultura, nos seus diferentes aspectos, da pastorícia, aos cavalos, do artesanal ao sofisticado, das diversas vertentes interligadas com rituais religiosos ou não ao social que é resultante de todos esses aspectos.  

Não se defende a corrida em abstracto, por isso há quem adore os animalistas que permitem não elaborar pensamento nenhum e defender boçalidade contra boçalidade.

O pensamento taurino tem que se revestir, mudar as vestes mesmo, e dar sentido ao território, onde o apuramento do toiro, fundamental para marcar a charneca e o montado deve ser integrado com a biodiversidade e a paisagem que molda e deve ser explicado, porque os urbanitas o ignoram o processo de selecção e a rentabilização do animal, assim como a sua continuidade.

Mas temos uns conceptualistas dos dois lados, de um uns que inventaram a alma do toiro, sem saberem que este resulta da tenta, do outro os que levantam o braço, ignorando que a cultura taurina é intrinsecamente democrática, de Lorca a Picasso, de Hemingway, a Vargas Llosa e tantos outros.

O discurso tem que fazer caminho, nunca esquecerei que quando o Dalai Lama foi interrogado sobre a tauromaquia respondeu "cada local tem os seus rituais que devem ser respeitados no quadro da sua espiritualidade", os toiros são, também, um momento zen.

Esse o aspecto final, que não foquei, que é o que a bandeira representa, que é a continuidade, a religação das comunidades, do território, da cultura e da sociedade num ambiente adequado, para o qual o toiro, criação de muitas gerações, muito contribuiu.

Que continue, afastando os fantasmas que o parasitam.

Labels: , ,

 
Saturday, February 12, 2022
 

 Têm que introduzir o site à mão, mas garanto que não é tempo perdido. É um filme fantástico, muito mais que o Hiroxima, Meu Amor, de Resnais! https://www.youtube.com/watch?v=Kp-91vmLhYA



Labels: ,

 
 

 Hoje vou fazer mais uma converseta, num género em que não exerço, normalmente, mas em que já corri riscos....

e logo no início do dia enviei um haiku a um velho amigo que continua:

No horizonte uma águia
Na montanha uma cabra
A vida continua


Labels:

 
Friday, February 11, 2022
 

 Podíamos ter evitado esta desgraça, que só serve para a ganância do regadio intensivo. Não produz (muito pouca) electricidade que compense, não distribui água a quem precisa e destrói a biodiversidade, o território, e os solos.

ainda recordo quando com o M.I.M. (Movimento Implosão do Muro) andámos a percorrer estes espaços, ora soterrados, o Mosteiro do Alcance, o Castelo da Lousa, a Aldeia da Luz, e os montes da zona, e os megalitos e outras estruturas religiosas. Algum dia, algum dia os recuperaremos e o muro implodirá!

Labels:

 
Wednesday, February 09, 2022
 

 Estive na A 25 na apresentação de mais um livro do meu velho amigo Fernando Pereira Marques.

com ele participei em muitos momentos que recordo com prazer. Tivemos muitos entendimentos e também divergências mas a minha estima e amizade manteve-se no tempo.

Irei ler atentamente este livro:

estimulado pelas duas intervenções desta apresentação a dele e a de Pacheco Pereira.

Aqui voltarei sobre o documento.


Labels: , ,

 
 

 Irei deliciar-me nos próximos dias, e desde já volto a recomendar a excelente exposição ILLUSTRARE, na antiga Faculdade de Ciências, à Escola Politécnica: https://www.ulisboa.pt/patrimonio/museu-nacional-de-historia-natural-e-da-ciencia:

esta a capa deste 2º volume, tão espectacular quanto o 1º!

e aqui um desenho fabuloso da "Flora Brasiliensis"



Labels: , ,

 
Tuesday, February 08, 2022
 

 Aqui, continuamos com ecologia política!



Labels: , ,

 
Monday, February 07, 2022
 

                                     Hunters in the Snow by Pieter Bruegel
 

Labels: ,

 
Sunday, February 06, 2022
 

 Aqui um livro que estimo, dada a qualidade do autor, sem a mínima dúvida de grande interesse:


Labels: , ,

 
 

 Li o livro aqui mencionado de Shlomo Sand, uma estorieta com alguns dados novos, mesmo para quem a conhece de ginjeira, e li também o interessante texto aqui mencionado sobre baleias....

Meditação, e terapias, dietas, e calma, e também este livrinho notável, que menciono no próximo O.I.E.

a transcrição exautiva do longo interrogatório feito a Yoshida, um verdadeiro herói, o homem que salvou, com a sua equipa o Japão, do triplo acidente de Fukushima.

Notável.


Labels: , ,

 
Thursday, February 03, 2022
 

 Este O.I.E. que sairá amanhã :https://obseribericoenergia.pt/index.php/arquivo/ultimo-envio

fez-me reflectir sobre o dito, que menciono de memória do notável Mark Twain, conhecido pelo dito sobre notícias, exageradas, da sua morte, que levaria algumas semanas a preparar um improviso de dez minutos.

Não sei se é verdade, mas sei que não há, à muito que não há, improvisos. Todos são preparados e agora até à uns "spin doctors"que fabricam frases assassinas para esses, doutores da agulheta (de fiar!) para matar o interlocutor.

Mas o fundamental é o conhecimento e a sua organização.

Hoje outro grande Bonzo Fernando Rosas, responde ao Bonzo Sousa Santos, com alguma razão, sobretudo ao mostrar a conhecida leviandade desse e a falta de memória (...). Mas na linha (o Bonzo Rosas) da cassete habitual, a culpa é sempre, sempre do povo. Dos trabalhadores e do povo, claro. Nunca reconhecer os próprios erros é um dos princípios sagrados do maxismo-leninismo-trosquismo, por essa ordem ou a inversa. Nunca, nunca.

Assim não levam a carta a Garcia, claro que eles não estão interessados nisso, nem sabem quem é o Garcia, nem a quem tem que entregar. Só sabem de si.

Labels: , , ,

 
 

 Vou passar uns dias a este e sem comunicação. Levo uma história de baleias # On Mistaking Whales# e um livro denso de um historiador que aprecio, desde que "inventou a história do povo judeu", notável e profundo livro sobre uma das maiores mitologias e embustes em que continuamos a viver. E este, que embora seja breve tem mais de 400 páginas que será lido num piscar de olho. Aqui voltarei....

Este

Labels: , ,

 
Tuesday, February 01, 2022
 

 Hoje, no Público, o Bonzo Sousa Santos (na foto de perfil) escreve um artigo, como de costume, sem grande originalidade com o título "Obviamente, demita-se" ilustrado com uma foto sublime da Bonza Catarina. O artigo é de um sociólogo, mas incapaz de perceber as causas profundas da débacle do B.E., claro que os epifenómenos que ele menciona, o erro de lutar pelo 3º lugar e campanhar contra o racismo e o Chega, em vez de apresentar propostas, mas que propostas podia ela apresentar, se embarcou em tudo o que lhe venderam, de um novo aeroporto, mais regadio  (e a defesa de Alqueva) e até minas para defender uma mitológica classe operária, quem nem nos seus melhores sonhos existe. Vá lá que como o outro não defendeu a nuclear!

Mas sem mudar o discurso e as palavras (por exemplo a cassete Jeronimo no discurso de humilhação repetiu 7, sete vezes a expressão "os trabalhadores e o povo", mas não somos todos povo e todos, ou quase todos trabalhadores (e até trabalhadoras!) mas o discurso da Catarina e aquelas palmas e aquele riso são a marca de água que não presta, pois sem mudar o discurso o caminho do CDS está traçado para, também, esses resíduos do PREC, que não percebem que o tempo passa.

Mas claro temos antigos slogans ou palavras de ordem que tem novos sentidos. O título do Bonso S. Santos não é útil, mas se fora "Assaltemos o quartel general" esse sim faria, faz todo o sentido


Labels: , ,

 
civetta.buho@gmail.com

ARCHIVES
06/01/2003 - 07/01/2003 / 07/01/2003 - 08/01/2003 / 08/01/2003 - 09/01/2003 / 09/01/2003 - 10/01/2003 / 10/01/2003 - 11/01/2003 / 11/01/2003 - 12/01/2003 / 12/01/2003 - 01/01/2004 / 01/01/2004 - 02/01/2004 / 02/01/2004 - 03/01/2004 / 03/01/2004 - 04/01/2004 / 04/01/2004 - 05/01/2004 / 05/01/2004 - 06/01/2004 / 06/01/2004 - 07/01/2004 / 07/01/2004 - 08/01/2004 / 08/01/2004 - 09/01/2004 / 09/01/2004 - 10/01/2004 / 10/01/2004 - 11/01/2004 / 11/01/2004 - 12/01/2004 / 12/01/2004 - 01/01/2005 / 01/01/2005 - 02/01/2005 / 02/01/2005 - 03/01/2005 / 03/01/2005 - 04/01/2005 / 04/01/2005 - 05/01/2005 / 05/01/2005 - 06/01/2005 / 06/01/2005 - 07/01/2005 / 07/01/2005 - 08/01/2005 / 08/01/2005 - 09/01/2005 / 09/01/2005 - 10/01/2005 / 10/01/2005 - 11/01/2005 / 11/01/2005 - 12/01/2005 / 12/01/2005 - 01/01/2006 / 01/01/2006 - 02/01/2006 / 02/01/2006 - 03/01/2006 / 03/01/2006 - 04/01/2006 / 04/01/2006 - 05/01/2006 / 05/01/2006 - 06/01/2006 / 06/01/2006 - 07/01/2006 / 07/01/2006 - 08/01/2006 / 08/01/2006 - 09/01/2006 / 09/01/2006 - 10/01/2006 / 10/01/2006 - 11/01/2006 / 11/01/2006 - 12/01/2006 / 12/01/2006 - 01/01/2007 / 01/01/2007 - 02/01/2007 / 02/01/2007 - 03/01/2007 / 03/01/2007 - 04/01/2007 / 04/01/2007 - 05/01/2007 / 05/01/2007 - 06/01/2007 / 06/01/2007 - 07/01/2007 / 07/01/2007 - 08/01/2007 / 08/01/2007 - 09/01/2007 / 09/01/2007 - 10/01/2007 / 10/01/2007 - 11/01/2007 / 11/01/2007 - 12/01/2007 / 12/01/2007 - 01/01/2008 / 01/01/2008 - 02/01/2008 / 02/01/2008 - 03/01/2008 / 03/01/2008 - 04/01/2008 / 04/01/2008 - 05/01/2008 / 05/01/2008 - 06/01/2008 / 06/01/2008 - 07/01/2008 / 07/01/2008 - 08/01/2008 / 08/01/2008 - 09/01/2008 / 09/01/2008 - 10/01/2008 / 10/01/2008 - 11/01/2008 / 11/01/2008 - 12/01/2008 / 12/01/2008 - 01/01/2009 / 01/01/2009 - 02/01/2009 / 02/01/2009 - 03/01/2009 / 03/01/2009 - 04/01/2009 / 04/01/2009 - 05/01/2009 / 05/01/2009 - 06/01/2009 / 06/01/2009 - 07/01/2009 / 07/01/2009 - 08/01/2009 / 08/01/2009 - 09/01/2009 / 09/01/2009 - 10/01/2009 / 10/01/2009 - 11/01/2009 / 11/01/2009 - 12/01/2009 / 12/01/2009 - 01/01/2010 / 01/01/2010 - 02/01/2010 / 02/01/2010 - 03/01/2010 / 03/01/2010 - 04/01/2010 / 04/01/2010 - 05/01/2010 / 05/01/2010 - 06/01/2010 / 06/01/2010 - 07/01/2010 / 07/01/2010 - 08/01/2010 / 08/01/2010 - 09/01/2010 / 09/01/2010 - 10/01/2010 / 10/01/2010 - 11/01/2010 / 11/01/2010 - 12/01/2010 / 12/01/2010 - 01/01/2011 / 01/01/2011 - 02/01/2011 / 02/01/2011 - 03/01/2011 / 03/01/2011 - 04/01/2011 / 04/01/2011 - 05/01/2011 / 05/01/2011 - 06/01/2011 / 06/01/2011 - 07/01/2011 / 07/01/2011 - 08/01/2011 / 08/01/2011 - 09/01/2011 / 09/01/2011 - 10/01/2011 / 10/01/2011 - 11/01/2011 / 11/01/2011 - 12/01/2011 / 12/01/2011 - 01/01/2012 / 01/01/2012 - 02/01/2012 / 02/01/2012 - 03/01/2012 / 03/01/2012 - 04/01/2012 / 04/01/2012 - 05/01/2012 / 05/01/2012 - 06/01/2012 / 06/01/2012 - 07/01/2012 / 07/01/2012 - 08/01/2012 / 08/01/2012 - 09/01/2012 / 09/01/2012 - 10/01/2012 / 10/01/2012 - 11/01/2012 / 11/01/2012 - 12/01/2012 / 12/01/2012 - 01/01/2013 / 01/01/2013 - 02/01/2013 / 02/01/2013 - 03/01/2013 / 03/01/2013 - 04/01/2013 / 04/01/2013 - 05/01/2013 / 05/01/2013 - 06/01/2013 / 06/01/2013 - 07/01/2013 / 07/01/2013 - 08/01/2013 / 08/01/2013 - 09/01/2013 / 09/01/2013 - 10/01/2013 / 10/01/2013 - 11/01/2013 / 11/01/2013 - 12/01/2013 / 12/01/2013 - 01/01/2014 / 01/01/2014 - 02/01/2014 / 02/01/2014 - 03/01/2014 / 03/01/2014 - 04/01/2014 / 04/01/2014 - 05/01/2014 / 05/01/2014 - 06/01/2014 / 06/01/2014 - 07/01/2014 / 07/01/2014 - 08/01/2014 / 08/01/2014 - 09/01/2014 / 09/01/2014 - 10/01/2014 / 10/01/2014 - 11/01/2014 / 11/01/2014 - 12/01/2014 / 12/01/2014 - 01/01/2015 / 01/01/2015 - 02/01/2015 / 02/01/2015 - 03/01/2015 / 03/01/2015 - 04/01/2015 / 04/01/2015 - 05/01/2015 / 05/01/2015 - 06/01/2015 / 06/01/2015 - 07/01/2015 / 07/01/2015 - 08/01/2015 / 08/01/2015 - 09/01/2015 / 09/01/2015 - 10/01/2015 / 10/01/2015 - 11/01/2015 / 11/01/2015 - 12/01/2015 / 12/01/2015 - 01/01/2016 / 01/01/2016 - 02/01/2016 / 02/01/2016 - 03/01/2016 / 03/01/2016 - 04/01/2016 / 04/01/2016 - 05/01/2016 / 05/01/2016 - 06/01/2016 / 06/01/2016 - 07/01/2016 / 07/01/2016 - 08/01/2016 / 08/01/2016 - 09/01/2016 / 09/01/2016 - 10/01/2016 / 10/01/2016 - 11/01/2016 / 11/01/2016 - 12/01/2016 / 12/01/2016 - 01/01/2017 / 01/01/2017 - 02/01/2017 / 02/01/2017 - 03/01/2017 / 03/01/2017 - 04/01/2017 / 04/01/2017 - 05/01/2017 / 05/01/2017 - 06/01/2017 / 06/01/2017 - 07/01/2017 / 07/01/2017 - 08/01/2017 / 08/01/2017 - 09/01/2017 / 09/01/2017 - 10/01/2017 / 10/01/2017 - 11/01/2017 / 11/01/2017 - 12/01/2017 / 12/01/2017 - 01/01/2018 / 01/01/2018 - 02/01/2018 / 02/01/2018 - 03/01/2018 / 03/01/2018 - 04/01/2018 / 04/01/2018 - 05/01/2018 / 05/01/2018 - 06/01/2018 / 06/01/2018 - 07/01/2018 / 07/01/2018 - 08/01/2018 / 08/01/2018 - 09/01/2018 / 09/01/2018 - 10/01/2018 / 10/01/2018 - 11/01/2018 / 11/01/2018 - 12/01/2018 / 12/01/2018 - 01/01/2019 / 01/01/2019 - 02/01/2019 / 02/01/2019 - 03/01/2019 / 03/01/2019 - 04/01/2019 / 04/01/2019 - 05/01/2019 / 05/01/2019 - 06/01/2019 / 06/01/2019 - 07/01/2019 / 07/01/2019 - 08/01/2019 / 08/01/2019 - 09/01/2019 / 09/01/2019 - 10/01/2019 / 10/01/2019 - 11/01/2019 / 11/01/2019 - 12/01/2019 / 12/01/2019 - 01/01/2020 / 01/01/2020 - 02/01/2020 / 02/01/2020 - 03/01/2020 / 03/01/2020 - 04/01/2020 / 04/01/2020 - 05/01/2020 / 05/01/2020 - 06/01/2020 / 06/01/2020 - 07/01/2020 / 07/01/2020 - 08/01/2020 / 08/01/2020 - 09/01/2020 / 09/01/2020 - 10/01/2020 / 10/01/2020 - 11/01/2020 / 11/01/2020 - 12/01/2020 / 12/01/2020 - 01/01/2021 / 01/01/2021 - 02/01/2021 / 02/01/2021 - 03/01/2021 / 03/01/2021 - 04/01/2021 / 04/01/2021 - 05/01/2021 / 05/01/2021 - 06/01/2021 / 06/01/2021 - 07/01/2021 / 07/01/2021 - 08/01/2021 / 08/01/2021 - 09/01/2021 / 09/01/2021 - 10/01/2021 / 10/01/2021 - 11/01/2021 / 11/01/2021 - 12/01/2021 / 12/01/2021 - 01/01/2022 / 01/01/2022 - 02/01/2022 / 02/01/2022 - 03/01/2022 / 03/01/2022 - 04/01/2022 / 04/01/2022 - 05/01/2022 / 05/01/2022 - 06/01/2022 / 06/01/2022 - 07/01/2022 / 07/01/2022 - 08/01/2022 / 08/01/2022 - 09/01/2022 /


Powered by Blogger