insignificante
Thursday, July 29, 2010
 
Estavam dez pessoas na tertúlia, que correu muito animada das 20.45 até passava das 23.
A cábula deixou-se ficar e atirei para o ar algumas provocações discusivas.
O grupo tem que criar pensamento com estes eventos e outros e reforçar a organização com prudência.
E logo começar a criar envolvência e espessura.
Gostei do ambiente...

Labels:

 
Monday, July 26, 2010
 
Convida-me o MLS para falar sobre Lisboa.
Aprendi com vários expoentes com quem trabalhei (Lopes Cardoso,Gonçalo Ribeiro Telles, Carlos Pimenta, Helena Roseta, além de alguns estrangeiros nomeados entre outros com quem cultivei a política e também amizades) que nada é tudo e tudo está ligado.
Será com base nesta cábula que irei usar a minha meia hora, ou seja tentarei meter o Rossio na Betesga, mas alguns dos temas serão só tópicos para a discussão...

Cábula:

1-
Organização CPL
Surgimento, lógica de organização, novos tempos mediáticos

Cidadania organizada, principios transparentes, lógicas de sustentabilidade, e um polo protagonista

2-
Situação global na CML
Problemas de estrutura, questões de procedimentos, questão ideológica na autarquia

a) Continua a ser um mastodonte, deveria ser partida em diversas sub-estruturas, e passar o centro a funcionar na área da verifica dos regulamentos (areas onde o vírus do Nilo prolifera, casos...) e processos, além do planeamento

b) Ser transparente nos procedimentos e dar resposta em tempos adequados, flexibilizar as relações com as juntas ou associação de juntas, para as quais deveriam ser transferidos serviços e competências, e funcionários


c) Ultrapassar a lógica “ideológica” e defender uma estrutura tipo GreatLondonCouncil, nos transportes, resíduos, continuums verdes e articulação pdms

d) E finalmente é necessário repensar a estrutura dos poderes municipais, fora de quadros partidários mas estrurando mais democracia e controle pela AM do próprio poder autarquico, outro tipo de eleição, desde logo

3-
Os espaços verdes e a gestão dos resíduos+ transportes

a)Deficiencias na lógica de proximidade, errada assimilação dos conceitos e lógica mercantil, falta de visão política (gestão de vizinhos e hortas urbanas, varandas/hortas verticais).

b)Falta de dialogo com as populações e freguesias, falta de esclarecimento e estudo apropriado do sistema radicular e da estrura geomorfológica que é suporte dos espaços verdes. Falta de inovação e fecho a novas ideias e aos próprios serviços, onde existem capacidades que estão a ser descuradas, desde sistemas de podas a capacidades de elaboração de projectos.

c)Falta envolvimento cidadão, errada política de recolha, desinformação, ausencia de campanhas e areia para o ar:
Caso dos oleos e + frota municipal-40% TUB + Carris a gaz natural+ politicas de acalmia com novos sistemas de transporte, e erro dos carrinhos electricos

4- Questões nacionais:
a) Um novo espaço político
É necessário sairmos da asfixia democrárica, mudar os protagonistas, descobrir novas lógicas de acção e intervenção, com novos principios e protagonistas.
Novas formas de organização política
Situação actual, formas de estrutura e dinamica civica, exemplo do P.Radical
Novos tipos de organização, desde logo fora das autarquias, organização anual por temas centrais, senso na restante organização, principios claros


Candidaturas presidenciais....

b) A política das drogas
Há a nível internacional uma importante petição para despenalizar todas as drogas, a Declaração de Viena,,,, a situação do narco trafico que gangrena o sistema financeiro (fim dos paraisos fiscais) e a economia mundial e transforma os cidadãos em bonecos, custos da repressão e desinformação, além do sistema de saúde

c) Direitos Humanos
Estou neste momento constituido arguido por ser “intolerante” em relação à homofobia.
Questão da adopção e constitucionalidade, políticas dos média e violação da lei

d) A economia e a sociedade
A questão fundamental da economia é termos um Estado forte, muito forte na regulação e na verificação da observância da lei.
E o Estado não deve estar na economia a não ser nas áreas sociais, e também nessas em quadros regulamentares, preferencialmente.
E deve acabar com o livro de reclamações e integrar todas as suas inuteis competências numa autoridade de regulação única.

Tertúlia com António Eloy - Lisboa, Algumas Verdades Inconvenientes.
O quê
Na próxima 4ª feira, dia 28 de Julho, pelas 20:30, teremos como convidado António Eloy, vereador suplente dos Cidadãos por Lisboa, que nos virá dar a sua visão como observador privilegiado, mas a título pessoal, sobre a presente governação em Lisboa, com especial enfoque nos temas ambientais.
António Eloy tem desenvolvido a sua actividade profissional como consultor na área do Ambiente e Energia.
Como activista envolveu-se em diversas organizações ambientalistas, de direitos humanos e políticas e como editor, autor ou co-autor deu o seu contributo para 20 livros na área da Cultura, Ambiente e Sustentabilidade.
A nível político foi vereador suplente na CML de 1985 a 1989, deputado municipal em Barrancos de 2001 a 2005 e assistente no Parlamento Europeu do Partido Radical Italiano em 1985 (com Ema Bonnino e Marco Panela). Actualmente é membro dos Cidadãos por Lisboa.

Onde
Café Fábulas, Calçada Nova de São Francisco, 14 (no 1º andar)
1200 Lisboa
O local permite que se tomem refeições ligeiras pelo que quem desejar jantar durante o evento poderá fazê-lo.
Inscrições
Por forma a planear melhor o evento agradecíamos que confirmasse a sua presença em lisboa.liberal-social.org.

A tertúlia é aberta.

Labels:

 
Thursday, July 22, 2010
 
Um divertido e articulado vídeo...

http://www.commondreams.org/video/2010/07/22-0

Labels:

 
 
Não é o anti-proibicionismo radical que defendo, mas é um passo nesse caminho, por parte de um sector importante ligado aos cuidados de saúde.
Num momento em que assistimos ao desastre em que está convertido o México, dilacerado por narco e seus aliados no sistema socio-político, que vemos o alastrar de narco estados (e a Guiné só é mais falado devido à corrupção dominante ente a militarocracria) e as medidas repressivas só contribuem para o reforçar de todos os elementos trágicos do ponto de vista economico, social e político, deveria haver mais empenho na promoçao e divulgação destes passos na correcta direcção.

http://www.ladeclarationdevienne.com/la-deacuteclaration.html

Labels:

 
 


da teoria dos fractais...pode ser essa.
 
Wednesday, July 21, 2010
 
En el ultimo trago...
http://www.youtube.com/watch?v=fcIuBwNhclM&feature=channel
nos vamos.

Labels:

 
 
Defendi, e continuo a defender a re-valorização judicial do Tribunal da Boa-Hora.
Tem saído a público o desagrado e a falência, o fecho de muitos comércios da zona devido ao encerramento da mesma e ao seu movimento para a inenarrável "cidade judiciária" do Parque das Nações, um edificio de escritórios contratado com alguma negociata a alguém..., sem as mínimas condições (como agora diversos agentes das magistraturas vêm divulgar) para o exercício das funções para que é requerido.
Infelizmente continuasse a fazer tudo sobre o joelho ao sabor dos ganhócios e em detrimento da errário público, do património e da melhor gestão.
E ninguém é responsabilizado pelos actos, criminosos, práticados no exercicio da gestão governativa.
Este é um caso exemplar. Tudo foi denunciado, tudo foi do conhecimento das autoridades responsáveis pela gestão, que não o exercício, da justiça, os responsáveis pelos edíficios e o património.
Mas se nem isso eles sabem gerir...

Labels:

 
 


Ontem numa espécie de antiquário, onde também está o meu 1º, encontrei AS URZES, do meu querido amigo Manuel Hermínio Monteiro.
É uma recolha de artigos que ele espalhou com cheiros por aqui e por ali, neles ouvesse assombrada a sua voz e os seus torneados em busca da palavra certa.
Saboreando lentamente e com longuidão como ele gostava os sentidos destes escritos penso.
As urzes são o sal da terra...

Labels: ,

 
Friday, July 16, 2010
 


Hoje fui ver um notável filme de Straub/Huillet.
Sicilia!
Uma estória no tempo, no tempo que passa.
Depois de um almoço de amizade e de construção do social, que também são os processos e a dignidade que temos ou não no confronto com os nossos actos, que no meu caso assumo com toda a frontalidade até todas as consequências e uma reunião de trabalho sobre projectos para o próximo ano, livros e artes.
E embora o país pareça já ter entrado em Verão, meia dúzia de coisas, de pontas a tratar...

Labels:

 
Wednesday, July 14, 2010
 
Por desafio, e é assim que nascem a maioria das acções que fazem mover o mundo, elaborei duas listas.
Voltarei a elas, de vez em quando, para alterações ou elaborações.
Achei curioso que na listagem A Favor a maior parte dos items são, tem que ver, sobre lógicas colectivas, que tem elaboração no quadro social.
Já nos Contra são, genericamente, individuais.
Desenvolverei...

A favor

De todos os direitos para todos
Da economia sustentável no ambiente
Da diversidade cultural
De regulamentação, exercida pelo Estado, das actividades
Da autonomia individual
Da legalização de todas as drogas
Do Zen
Da coerência
Da justiça justa
Do tempo

Contra
A fealdade
A burocracia
A tolerância
A estupidez
A beatice
A falsidade
A presporrência
A canalhice
A vacuidade
A mentira

Labels:

 
 
A actividade diminuiu drásticamente.
Hoje fui visitar com dirigentes da LisboaEnova a BIOMOVE, empresa que recupera oleos alimentares usados e os transforma em biodiesel e em compostos de glicerol.
Empresa inovadora e com bom karma esperamos que não seja marginalizada de processos de rentabilização deste produto, reciclado.
E depois ao fim da tarde uma conseguida sessão de zen, de ligação com a força da égua e de unidade com o cosmos.
Amanhã outro dia.
 
Tuesday, July 13, 2010
 
O Processo de F. Kafka pode aplicar-se a inumeros aspectos e funções da nossa sociedade.
Abaixo referi o processo, processo moroso de abrir uma conta no MG.
Pois estava ainda sem sonhar que um detalhe espectacular ainda iria abrilhantar esta episódio ( e recordo que para abrir uma conta a zeros* em Bruxelas não me fizeram nem uma pergunta a não ser o nome... e foi na hora!)...
Pois hoje telefona-me o diligente e moroso funcionário a dizer-me que a minha profissão (registada em sede IRS!!!) não é reconhecida pelos títeres que controlam a burocracia na instituição. Pedi-lhe para enviar essa informação por escrito... enviar depois cópia para os incapazes do BP já se sabe que não valerá a pena, mas pelo menos divertimo-nos mais um coche...
Ai,ai,ai...

* É que aqui para abrir uma conta tem que se ter logo uma quantia em depósito... e ainda por cima temos que dar garantias...

Labels: , ,

 
 


Picado do blog da ambio:http://ambio.blogspot.com/, onde alguns residentes, e desde logo destaco o HPS tem produzido alguma mto interessante reflexão sobre o Estado, e uma linha clara de liberalismo político, sustentada numa adequada gestão do território, matizada por uma sábia valoração do que é a ciência, e um trato fino da economia.
E se bem que, nem poderia ser de outra forma, nem tudo sub-escreva, tenho vindo a descobrir as maiores afinidades com este, estes pensamentos elaborados no real e sem outras mitologias que as da participação na acção política no quadro da democracia política.

Labels:

 
Monday, July 12, 2010
 
Hoje estive num banco para abrir uma simples conta para gerir os dinheiros da CNA ao TRP, uma conta colectiva portanto.
Essa simples conta demorou um pouco mais de uma hora, sim uma hora, para que o processo fosse concluido com a atribuição do NIB.
Os três responsáveis fomos devassados até à roupa interior e quando fizemos o depósito mínimo fomos olhados como se tivessemos lepra, apesar dos registos profissionais dos 3 ser mais que honroso.
Já conheço o sistema bancário muito, muito bem e a inexistente entidade de fiscalização do mesmo (queixas ao Banco de Portugal tem o mesmo caminho que qualquer outro registo no livro de reclamações só que aqui os compadrios e o que lhe está inerente são mais óbvios!), e se por acaso se queixarem ao Centro de Arbitragem de Conflitos já sabem que pode calhar-lhes o reformado... a fazer das suas...
Hoje estive com dois companheiros mais de uma hora para abrir uma simples conta bancária e embora nos tenham pedido até o registo da roupa interior tenho que dizer que este banco (Montepio Geral) foi o que, da busca por vários que fizemos!, tinha o processo menos burocrático... agora imaginem...

Labels:

 
Sunday, July 11, 2010
 
Comunicado de Imprensa

O M.I.U., Movimiento Iberia Unida, vem congratular-se com a vitória de uma das nações que constituem Iberia no Campeonato do Mundo de Futebol.
Esta nação, Espanha, ela própria uma federação de diversas entidades socio-culturais é um exemplo que deve ser desenvolvido politicamente com a integração de Portugal no seu âmbito e a criação de uma nova valência no quadro internacional.
Que esta vitória possa constituir um passo no sentido da afirmação da Ibéria Unida.
Saludos Ibericos.
Da direcção do MIU

Labels:

 
Friday, July 09, 2010
 


A Terra vista do espaço... o mundo ao alcance da mão... nesse a vida selvagem... com todo o tempo de espera...

Labels:

 
Thursday, July 08, 2010
 
Recomendo, do ponto de vista gráfico e de conteudos:

http://www.behance.net/gallery/O-ZA-Povinho-no-PaAs-das-Maravilhas/570800

Excelente mais esta iniciativa cidadã com a participação da Gazeta das Caldas!

Labels:

 
 
Coisas...
Ontem depois da reunião descentralizada da CML, em que tive que voltar a oferecer-lhe a minha ajuda para integrar a gestão dos espaços verdes numa lógica de sustentabilidade e a articulação do tratamento de árvores, e não só de espaços como ele fez de ouvir..., em lógicas de continuum articulado (e falei-lhe nas podas ecológicas de que ele nunca deve ter ouvido falar!) e mais e melhor informação publica e transparência, o que o deixou a tropeçar na gramática e a dar uns pontapés verbais, e após a conclusão da mesma, à saída estendi a mão ao José Sá Fernandes.
E, como disse o Prof. Carmona ao outro:-Que grande ordinário!

Labels:

 
Monday, July 05, 2010
 


Foi aqui, ou por aqui que isto começou. A imensidão do Universo, do Espaço e do Tempo. O acaso e as leis da física fizeram o resto. Nada. Tudo.

Labels:

 
 


O Castelo parece do Lego, e o turista escondido na imagem dá-lhe dimensão,recorda o http://www.estadodebarrancos.blogspot.com/ que desde há 100 anos, feitos no dia 23/6/2010 o Castelo de Noudar é Monumento Nacional.
Registado por Duarte D'Armas e antiga protecção da Vila de Noudar, abandonada pela insalubridade e por alteração dos eixos comerciais (que por todo o país transformaram os Castelos antes capitais em lugares de abandono) era nesta altura redil de gado de um meu parente que o tinha comprado com a herdade da Coitadinha em hasta pública.
Conheci-o em miúdo quando passei pelo Monte (hoje recuperado), e por estes campos encontrei estórias e lendas, dos campos de retenção/concentração de refugiados republicanos ao cerro do Enforcado que estes "vigiava", no local onde está a ermita de S.Gens, sobre locais sagrados anteriores, como se vé quando se faz alguma prospecção, aos locais de solo de classe A onde se cultivava o cereal ou os ermos onde se pastoreavam os porcos (que técnicas da EDIA me disseram que nunca tinha havido por aqui!)e cabras.
O Castelo de Noudar guarda memórias, e estórias, muitas das quais também se faz a História.
Algum dia, talvez, me habilite a contá-las...
E hoje, por hoje, um grande abraço ao Jacinto Saramago e ao seu blog, que depois do saudoso Luzeiro, é o grande meio de informação (mais presente e cotidiano) entre todos os membros desta grande pátria, cultura, sociedade e futuro que é Barrancos.

Labels: ,

 
 
Mão amiga faz chegar à minha o fabuloso #Dicionário Analógico# de Francisco F.S.A.
Esta é uma obra de referência para quem cultiva a língua portuguesa.
Os torpes homofobos reisinhos e cia deviam consultar esta obra prima, se soubessem o que assim as qualifica, mas devem dar outros usos aos bestuntos.
Passo a tarde a ler e reler este dicionário, e além da grata e saudosa memória do amigo Getúlio Marques que me-lo enviou recordo outros, que fiz, em que colaborei, e que me agraciaram com estimulo (pelo Clóvis Brigagão), e as vistas a Salvador ou a aventura no Bairro do Botafogo (no Rio).
Dicionários trazem-nos palavras, com os seus significantes e insignificantes em que, onde, as colocamos.
Hoje junto aos meus dicionários de referência mais este, será muito útil se entretanto por qualquer razão, certamente meritória, este já longo processo com essa gentalha de Matosinhos não tiver o ponto cruz adequado.

Labels:

 
 
A noticia é deveras incrivel:
http://www.heraldscotland.com/news/health/two-decades-after-chernobyl-scottish-sheep-get-all-clear-1.1039073 ,
mas só mostra o nível de comunicação que não temos, o putativo filho do tal Cristiano é mais importante....
Chernobyl não pode passar pelo esquecimento e esta notícia deixa-nos estarrecidos com por um lado os poderes da regulamentação e fiscalização ambiental e sobre a saúde dos consumidores e, por outro com os efeitos trágicos, por muito que alguns tentem disfarçá-los, da nuclear.
Nenhum acidente é previsível, nenhum acidente é imprevisível.
Os custos e os riscos, que também são custos, são gigantescos e o ganho é muito, para alguns, mas só com a mama do Estado, a tratar dos resíduos e a tratar de convencer as pessoas...
Hoje a notícia é, devia ser esta.
Mas sabe-se lá como o Cristiano pariu.

Labels:

 
Sunday, July 04, 2010
 
Sou ferozmente anti-nacionalista, mas tenho a maior estima pelas culturas, línguas, costumes, gastronomias, artesanatos e tantas, tantas outras coisas que marcam as "nações".
Deixo aqui registo: http://www.thenation.com/blog/36977/top-twelve-most-patriotic-songs-ever , de canções que moldam os USA. Que são parte da história e monumentos de civilização e folk-country music.
Mais do que pedras na juventude dos USA estas são elementos icónicos que estruturam a cultura e é isso que dá estrutura ao tempo.
Que hoje não está grande coisa...

Labels:

 
Friday, July 02, 2010
 
O nacionalismo bacoco arrasa a economia, podia ser o título de um livro de aventuras mas é infelizmente a nossa realidade, em que até vemos ditos internacionalistas "proletários", hoje principal sustentáculo de nacionalistas empedernidos a apoiarem o “nonsense” que é a utilização da “golden share” para adiar uma normal operação do mercado de capitais.
Sabemos que os mercados não tem pátria e a PT não é um activo com a mínima importância para a continuidade cultural, política ou económica de Portugal, sendo que economicamente já não existimos, com ou sem PT.
É para mim absurdo os enfatuamentos, normalmente vindos da esquerda estalinista ou estatizante, mas que também passa pelos tais falsos internacionalistas, em apoio a uma, mais uma, opção desgraçada de José Socrates (mas agora apoiam todos o mesmo candidato!).
O mercado das telecomunicações é cada vez mais global e o que é importante é que haja uma fiscalização e regulamentação adequada (e nada a ver com a treta da ANACOM, que está ao serviço dos interesses das empresas e despreza completamente os cidadãos).
Devia ser aí que essa esquerda devia intervir e deixar as velharias económicas e ideias peregrinas do soviete supremo no baú, mas a mitologia chavinista e o estatismo na economia continuam a ter muitos adeptos...

Post Scriptum
No seguimento do desnorteamento e do mau acompanhamento errático que parece dominar o seu entourage vem Fernando Nobre, sem qualquer elemento económico ou social válido defender a abstrusa posição do governo, da esquerda "soviética" e de todos os interesses instalados e conservadorismos.
É nestas horas que as rupturas são necessárias... Parece que temos é mais do mesmo... vamos ver se os tais pardalocos estão para durar...

Labels: ,

 
civetta.buho@gmail.com

ARCHIVES
06/01/2003 - 07/01/2003 / 07/01/2003 - 08/01/2003 / 08/01/2003 - 09/01/2003 / 09/01/2003 - 10/01/2003 / 10/01/2003 - 11/01/2003 / 11/01/2003 - 12/01/2003 / 12/01/2003 - 01/01/2004 / 01/01/2004 - 02/01/2004 / 02/01/2004 - 03/01/2004 / 03/01/2004 - 04/01/2004 / 04/01/2004 - 05/01/2004 / 05/01/2004 - 06/01/2004 / 06/01/2004 - 07/01/2004 / 07/01/2004 - 08/01/2004 / 08/01/2004 - 09/01/2004 / 09/01/2004 - 10/01/2004 / 10/01/2004 - 11/01/2004 / 11/01/2004 - 12/01/2004 / 12/01/2004 - 01/01/2005 / 01/01/2005 - 02/01/2005 / 02/01/2005 - 03/01/2005 / 03/01/2005 - 04/01/2005 / 04/01/2005 - 05/01/2005 / 05/01/2005 - 06/01/2005 / 06/01/2005 - 07/01/2005 / 07/01/2005 - 08/01/2005 / 08/01/2005 - 09/01/2005 / 09/01/2005 - 10/01/2005 / 10/01/2005 - 11/01/2005 / 11/01/2005 - 12/01/2005 / 12/01/2005 - 01/01/2006 / 01/01/2006 - 02/01/2006 / 02/01/2006 - 03/01/2006 / 03/01/2006 - 04/01/2006 / 04/01/2006 - 05/01/2006 / 05/01/2006 - 06/01/2006 / 06/01/2006 - 07/01/2006 / 07/01/2006 - 08/01/2006 / 08/01/2006 - 09/01/2006 / 09/01/2006 - 10/01/2006 / 10/01/2006 - 11/01/2006 / 11/01/2006 - 12/01/2006 / 12/01/2006 - 01/01/2007 / 01/01/2007 - 02/01/2007 / 02/01/2007 - 03/01/2007 / 03/01/2007 - 04/01/2007 / 04/01/2007 - 05/01/2007 / 05/01/2007 - 06/01/2007 / 06/01/2007 - 07/01/2007 / 07/01/2007 - 08/01/2007 / 08/01/2007 - 09/01/2007 / 09/01/2007 - 10/01/2007 / 10/01/2007 - 11/01/2007 / 11/01/2007 - 12/01/2007 / 12/01/2007 - 01/01/2008 / 01/01/2008 - 02/01/2008 / 02/01/2008 - 03/01/2008 / 03/01/2008 - 04/01/2008 / 04/01/2008 - 05/01/2008 / 05/01/2008 - 06/01/2008 / 06/01/2008 - 07/01/2008 / 07/01/2008 - 08/01/2008 / 08/01/2008 - 09/01/2008 / 09/01/2008 - 10/01/2008 / 10/01/2008 - 11/01/2008 / 11/01/2008 - 12/01/2008 / 12/01/2008 - 01/01/2009 / 01/01/2009 - 02/01/2009 / 02/01/2009 - 03/01/2009 / 03/01/2009 - 04/01/2009 / 04/01/2009 - 05/01/2009 / 05/01/2009 - 06/01/2009 / 06/01/2009 - 07/01/2009 / 07/01/2009 - 08/01/2009 / 08/01/2009 - 09/01/2009 / 09/01/2009 - 10/01/2009 / 10/01/2009 - 11/01/2009 / 11/01/2009 - 12/01/2009 / 12/01/2009 - 01/01/2010 / 01/01/2010 - 02/01/2010 / 02/01/2010 - 03/01/2010 / 03/01/2010 - 04/01/2010 / 04/01/2010 - 05/01/2010 / 05/01/2010 - 06/01/2010 / 06/01/2010 - 07/01/2010 / 07/01/2010 - 08/01/2010 / 08/01/2010 - 09/01/2010 / 09/01/2010 - 10/01/2010 / 10/01/2010 - 11/01/2010 / 11/01/2010 - 12/01/2010 / 12/01/2010 - 01/01/2011 / 01/01/2011 - 02/01/2011 / 02/01/2011 - 03/01/2011 / 03/01/2011 - 04/01/2011 / 04/01/2011 - 05/01/2011 / 05/01/2011 - 06/01/2011 / 06/01/2011 - 07/01/2011 / 07/01/2011 - 08/01/2011 / 08/01/2011 - 09/01/2011 / 09/01/2011 - 10/01/2011 / 10/01/2011 - 11/01/2011 / 11/01/2011 - 12/01/2011 / 12/01/2011 - 01/01/2012 / 01/01/2012 - 02/01/2012 / 02/01/2012 - 03/01/2012 / 03/01/2012 - 04/01/2012 / 04/01/2012 - 05/01/2012 / 05/01/2012 - 06/01/2012 / 06/01/2012 - 07/01/2012 / 07/01/2012 - 08/01/2012 / 08/01/2012 - 09/01/2012 / 09/01/2012 - 10/01/2012 / 10/01/2012 - 11/01/2012 / 11/01/2012 - 12/01/2012 / 12/01/2012 - 01/01/2013 / 01/01/2013 - 02/01/2013 / 02/01/2013 - 03/01/2013 / 03/01/2013 - 04/01/2013 / 04/01/2013 - 05/01/2013 / 05/01/2013 - 06/01/2013 / 06/01/2013 - 07/01/2013 / 07/01/2013 - 08/01/2013 / 08/01/2013 - 09/01/2013 / 09/01/2013 - 10/01/2013 / 10/01/2013 - 11/01/2013 / 11/01/2013 - 12/01/2013 / 12/01/2013 - 01/01/2014 / 01/01/2014 - 02/01/2014 / 02/01/2014 - 03/01/2014 / 03/01/2014 - 04/01/2014 / 04/01/2014 - 05/01/2014 / 05/01/2014 - 06/01/2014 / 06/01/2014 - 07/01/2014 / 07/01/2014 - 08/01/2014 / 08/01/2014 - 09/01/2014 / 09/01/2014 - 10/01/2014 / 10/01/2014 - 11/01/2014 / 11/01/2014 - 12/01/2014 / 12/01/2014 - 01/01/2015 / 01/01/2015 - 02/01/2015 / 02/01/2015 - 03/01/2015 / 03/01/2015 - 04/01/2015 / 04/01/2015 - 05/01/2015 / 05/01/2015 - 06/01/2015 / 06/01/2015 - 07/01/2015 / 07/01/2015 - 08/01/2015 / 08/01/2015 - 09/01/2015 / 09/01/2015 - 10/01/2015 / 10/01/2015 - 11/01/2015 / 11/01/2015 - 12/01/2015 / 12/01/2015 - 01/01/2016 / 01/01/2016 - 02/01/2016 / 02/01/2016 - 03/01/2016 / 03/01/2016 - 04/01/2016 / 04/01/2016 - 05/01/2016 / 05/01/2016 - 06/01/2016 / 06/01/2016 - 07/01/2016 / 07/01/2016 - 08/01/2016 / 08/01/2016 - 09/01/2016 / 09/01/2016 - 10/01/2016 / 10/01/2016 - 11/01/2016 / 11/01/2016 - 12/01/2016 / 12/01/2016 - 01/01/2017 / 01/01/2017 - 02/01/2017 / 02/01/2017 - 03/01/2017 / 03/01/2017 - 04/01/2017 / 04/01/2017 - 05/01/2017 / 05/01/2017 - 06/01/2017 / 06/01/2017 - 07/01/2017 / 07/01/2017 - 08/01/2017 /


Powered by Blogger