insignificante
Saturday, April 30, 2016
 
Não costumo deixar passar o 1º de Maio sem o assinalar. A antiga e ainda existente e comemorada festa das "maias", deusas da fertilidade, que se assinalava neste dia.
Não é coincidência que se inventou para este dia o dia dos trabalhadores, que também produzem objectos e coisas a partir, tantas vezes do imaterial, e do seu trabalho e investimento pessoal.
Não recordo ter participado senão meia duzia de vezes em manifestações políticas ligadas a esta data.
Preparava-me não fora o 25 de Abril para um 1º de Maio Vermelho e depois desse ainda participei  nesses 4 ou 5. Sempre tristes, sempre com uns tontos a prometerem a revolução, onde ia mais pelas amizades. Talvez tenha aprendido a inutilidade destas missas, salvo o expurgo da alma dos fiéis que nela participam e nelas se envolvem com devoção e até idolatria.
Melhor fora termos continuado com as deusas, idolatradas ou não, pelo menos tinham continuidade.

Labels: ,

 
 
Morreram na mesma semana. Conheci pessoalmente os dois, um apreciava pessoalmente o outro tinha estima pelo passado e o que representou.
Os dois eram, cada um à sua maneira, dois exemplos de "intolerância". O Paulo Varela Gomes, que apreciava, também pelas ligações familiares (sobrinho de Eugénio Sequeira), era intolerante mas discernido. Defensor radical das suas ideias, que nalgum tempo, com Miguel Portas, acompanhei, era um radical nas suas propostas, dizem-me que acabou com laivos de religiosidade. Era um brilhante intelectual e o despojamento com que decidiu terminar é um exemplo de vida.
Que foi o mesmo com que me dizem, sem a religiosidade, com que nos deixou Rui D'Espiney. Um velho, que continuava, a ser, maoista. Fumador impenitente, quando o conheci, acendia Gauloises (ou seriam Gitanes!) uns nos outros, capaz de fumar um maço numa reunião, onde continuava a defender o stalinismo organizativo e o marxismo-leninismo na forma. Um verdadeiro "sacana". Na última reunião em que nos cruzámos ele passou a reunião a tentar recordar-se de onde me conhecia... infrutiferamente... foi mais um projecto que se estatelou, um congresso de organizações de base e ligadas ao antigo "poder popular", que ele queria controlar. Ficou por ali. Era um homem bom, com ideias erradas, mas divertido...
Começamos, no meu caso, continuamos a escrever sobre conhecidos que passaram... será sinal?

Labels: , ,

 
Friday, April 29, 2016
 
Tenho 3 ou 4 assuntos na agenda.
Das termas aos comboios, da energia à eutanásia, de política todos sem a mínima dúvida, mesmo quando se pode pensar que são temas com outro enquadramento.
No momento em que preparo as próximas crónicas na rádio o tema que me salta para a agenda, sendo que Almaraz ( hoje a Assembleia da República decidiu votar propostas para chamar a atenção do governo para ser reactivo!) e a exploração de petróleo serão certamente de agenda, é a comida e o voto com, por esta!.
Leio este excelente livrinho:
finalizado com um bom copo de tinto, que propicia, ainda por cima longevidade!

Labels: ,

 
Thursday, April 28, 2016
 
-->
Minas Ibéricas de Urânio: um perigo para o ambiente e um risco para as populações

Tem uma longa estória a luta contra a mineração de urânio no nosso país. Ainda nos anos 70 do século passado grupos ecologistas, com 1ªs páginas de jornais denunciavam os riscos para a terra e as populações, assim como é óbvio para os trabalhadores dessas, das minas da Urgeiriça.
Desde o seu encerramento um forte movimento de ex-trabalhadores, com a presença relevante e incansável de António Minhoto, tem lutado continuamente pelo ressarcimento e direitos desses e suas famílias assim com a reabilitação destas terras devastadas.
Em Nisa, desde o final dos anos 80 que a tentativa de abrir um estaleiro tem esbarrado com a população local, grupos ecologistas e também o apoio solidário do movimento dos ex-mineiros da Urgeiriça.
O urânio é uma das pontas destapadas do ciclo de ruína e degradação da nuclear, que hoje aqui ao lado em Almaraz nos coloca, cada dia que passa em maior risco.
O nosso Ministro do Ambiente está, todavia, descansado.

E também está descansado ou desinformado sobre o projecto de abertura de uma zona de mineração  de urânio em Salamanca, Retortlillo, a poucos Kms de Portugal.
Um projecto rodeado de fumos de corrupção, envolvendo um ex alto funcionário (do então Ministro da Agricultura e  actual comissário da Energia Arias Cañete), que assessorou a empresa titular a Berkeley perante a Comissão Europeia que deu um parecer favorável a este. Conhecemos casos destes...muitos...
Pois a  Audiência Nacional ( Procuradoria)vai estudar a legalidade do licenciamento, dado que sendo uma instalação nuclear de 1ª ( nela será feito o enriquecimento) deve ser  o licenciamento feito pela autoridade do Estado e com uma declaração de impacto ambiental!
E para essa, para o estudo, deve ser tida em conta a posição e o envolvimento do Estado português, seja porque a emissão de rádio-isotopos não conhece fronteiras, seja pela possível contaminação dos friáticos desta zona.
Andará o nosso ministro desinformado ou continua com a mesma confiança que também tem em relação a Almaraz?
Dia 11 de Junho em Cáceres este será também um dos temas em discussão.
Fechar Almaraz, pôr fim ao ciclo nuclear, defender a sustentabilidade e o ambiente!

Labels: , , ,

 
Wednesday, April 27, 2016
 
Recebo a noticia que foram embargados judicialmente os furos para prospecção de petróleo, como o próprio geólogo pago pelo agiota Sousa Cintra confirmou, que estavam a ser feitos em Aljezur a coberto de furos de água!
E também que foram enviados para o ministério público os contratos de concessão que esse senhor e a sua ficticia empresa, não sei mas imagino com que artes , sacaram do anterior governo.
E para comemorar trago aqui um orquídea, identificada recentemente, uma Dichaea bragae

Labels: ,

 
Monday, April 25, 2016
 
Dia 26 de Abril.
Recordemos Chernobyl. Não esqueçamos Almaraz

Foi há 30 anos de Chernobyl

30 anos após a explosão, a explosão de um reactor, a catástrofe continua.
Mais de 8 milhões de pessoas (a populacão de Portugal continental) vivem em territórios contaminados da Rússia, Ucrânia e Bielorússia, obrigadas a consumir quotidianamente produtos altamente contaminados.
Entre essas numerosas crianças sofrem de cancros e leucemias, malformações e patologias cardio-vasculares.
Os atentados ao património genético são hereditários e as autoridades minimizam descaradamente o número de vítimas, que segundo investigação dos profs Nesterenko e Yablokov, publicado em 2010 pela Academia das Ciências de Nova York já teriam atingido 985 000 (quase um milhão!) de falecimentos prematuros de 1986 a 2004. E o florescimento da natureza, flora e fauna é um mito dados os elevados níveis de contaminação e mutações que está a ocorrer.
Recordo como se fosse hoje.
Estava dia 27 de Abril em Amsterdão, fazia então parte da direcção internacional do movimento ecologista #Friends Of the Earth#, quando nos chegou a notícia do acidente nuclear de Chernobyl que a ditadura soviética tinha procurado escamotear.

As radiações já atravessavam a Europa, milhares de pessoas começavam a ser evacuadas, muitas centenas, hoje muitos milhares já estavam, continuam hoje a caminho da morte.
Em Lisboa tinha começado há alguns dias no mestrado de Economia de Energia um módulo com um técnico do Laboratório Nuclear do então INETI, com o qual tinha tido discussões ágrias, que tinham terminado com um definitivo “- não é possível um reactor nuclear explodir.” Da parte dele.
Imagine-se a cara o sujeito quando voltei no dia seguinte e a notícia já era tema de todas as notícias.

Pode, um reactor nuclear pode explodir. Claro que no quadro de uma imprevisível conjugação de circunstâncias todas elas negativas. Mas pode. É possível!
Neste aniversário pouco mais há para dizer. A nuclear continua a tenta vender-se, continua a comprar mentes e encher bolsos, apesar de ser uma indústria a bordejar a falência, total. Mas será uma falência de muitos, muitos milhões e até lá continua a estrebuchar.
A nuclear não é económica, não é ambientalmente limpa, seja no início do ciclo, a mineração de urânio, que como sabemos no nosso país ainda tem um legado de destruição ambiental, sofrimento e mortes na família mineira e nas populações das zonas circundantes, seja na produção,
e recordemos Almaraz, aqui ao lado, com os problemas contínuos do seu funcionamento, os incidentes e acidentes inúmeros e agora, com o passar do tempo a insegurança crescente, a que o nosso ministro do Ambiente continua a fazer orelhas moucas,
mas não esqueçamos lutas árduas contra a nuclear em Portugal, Ferrel e todas as tentativas de nos colocar nucleares de Trás-os-Montes ao Alentejo, que tiveram oposição determinada, as lutas contra os despejos nucleares no Atlântico ou o cemitério nuclear de alta-actividade radioactiva de Aldeavila.
Não podemos esquecer também o urânio enriquecido e os mortos, também portugueses no teatro de operações onde esse foi utilizado.
Em todos esses casos, em todas essas lutas estivemos presentes.
Hoje aqui deixo este testemunho. Para que não se repita (mas e Fukushima?), para que não se repita mais.
Para que Chernobyl não se chame Almaraz, algum dia. Encerremos Almaraz e nem uma palavra mais!
na qualidade de membro do Movimento Ibérico Antinuclear


Nota:

Hoje mesmo apresentámos, em Madrid, um documento técnico, ambiental e político sobre o encerramento das centrais nucleares espanholas, que enviarei a quem estiver interessado.
 
 
Hoje, tenho que dizer da minha maior satisfação, e congratular Marcelo Rebelo de Sousa, pela decisão de atribuir a mais alta condecoração a Salgueiro Maia.

25 de Abril Sempre!

Labels:

 
Sunday, April 24, 2016
 
O Monte Carlo fez parte da minha revolução. Lá escondi, com a cumplicidade de um empregado que me conhecia de pequenino, pedras nas toiletes, lá fiz reuniões políticas, lá namorei, lá estudei.
Hoje dia maior da nossa épica, agora que passam 42 anos sobre a noite em que se iniciou a queda do Castelo, do poder em que vivíamos soterrados, em corpo e espírito, agora quando a memória se começa a perverter, (então não é que hoje um velho camarada me envia uma foto com cartazes do MRPP e do PCP, dois grupos que tentaram por todas as formas destruir o espaço de liberdade que hoje temos, o espaço de protesto e liberdades, sem censura nem controle) é importante recuperar o passado, as grandes e pequenas lutas.
Recordo todos os minutos desse dia, os dias seguintes, a caça ao Pide, as manifestações que se sucediam, as aventuras, e não posso esquecer que ainda me paguei um prego e uma bejeca com o dinheiro da venda de uns Lutas Populares, que um amigo me tinha pedido para substituir no ponto de venda. Não foi senão porque ele não voltou e os exemplares que não vendi foram todos para o lixo e o dinheiro não foi para alimentar aqueles disparates...
Eram tempos em que a percepção do envolvimento, ás vezes já era o próprio movimento, mas eu já tinha alinhado, apesar de amizades noutros sectores, com a esquerda libertária,  e sobretudo contra os trogloditismos.
Mas ainda recordo, com vergonha, uma discussão com o padrasto da minha avó, Júlio Santos, tio de José Carlos Ary dos Santos em que defendi, passava um mês do 25 de Abril o facínora Staline, contra a linha "revisionista" do PCP, julgo que essencialmente para o espicaçar, que não era, nem nunca o poderia ser personagem do meu "grupo", mas soava bem naqueles debates.
O tempo tem passado, nele revivemos histórias, fazemos delas estórias.
Aqui, hoje, este registo vago, com memórias dispersas.
Que Viva o 25 de Abril.
P.S.
Picado do blog do meu velho amigo e camarada Venerando Aspra de Matos:
http://venerandomatos.blogspot.pt/
uma foto, do meu amigo, ou melhor amigo de minha mãe, Horácio Novaes
  eu estou lá no meio!

Labels:

 
 
Já não visitava fábricas há algum tempo. O desenvolvimento do terciário e a minha incrustação na energia até me levou a abandonar um pouco empresas de reciclagem e recuperação de resíduos e a redução do número de minas idem.
O ano passado quando de mais uma sessão na escola da Benedita obtive a promessa que este ano não seria contemplado com um conjunto de facas (excelentes!) mas com uma visita à:
https://www.icel.pt/
pois devo dizer que fiquei fascinado.
As facas desta fábrica (70% para exportação!) são de primeira água. Os processos de fábrico moderníssimos, robots por todo o lado, produzidos na e para a própria fábrica, com especificações tecnológicas únicas, segundo fomos informados, um bom ambiente de trabalho (168 trabalhadores e um número significativo de mulheres, em todas as funções, salvo nalguma que requerem mais "força"), e ainda recordo bem visitas desastrosas a unidades fabris do têxtil no norte do país. Aqui um ambiente saudável e amistoso e nota alta para todo o processo de fabrico do ponto de vista ambiental e de tratamento dos resíduos.
Durante quase duas horas podemos ser hospedes e ilustrados no processo de fabrico destas facas, da origem dos seus materiais, da forma da sua produção, vimos facas notáveis e aquelas do nosso dia a dia.
Anda há melhorias a fazer, por exemplo a colocação de sistemas energéticos renováveis (fotovoltaico), e até nos sistemas robóticos, e não terei visitado ...um espaço social, mas tenho que deixar aqui o meu testemunho desta forte impressão, altamente positiva, e endereçar as minhas felicitações a toda a equipa que produz, com excelência, este produto EXCELENTE!

Labels: ,

 
 
Estive ontem no http://www.casaldaeirabranca.com/, excelente espaço, de turismo rural, de simpatia e acolhimento, e também espaço de tertúlias, a falar de calor geotémico, com já aqui mencionei.
Usei como agente este poderoso livro de Vázquez Montalbán
durante uma hora e meia conversámos, com a excelente ajuda do meu amigo, o Homem da Geotermia em Portugal, Martins de Carvalho.
Registo a possibilidade que já tinha referido em vários foruns, e que foi por ele claramente estabelecida, de aproveitamentos geotermais das águas minerais de Caldas.
Mencionou que à temperatura de 32ºC é possível até atingir o equivalente à produção de vários aerogeradores, com um fluxo de 36 litros por segundo ( para uso termal bastam 2, 5 l/s)
Foi uma sessão cheia de luz e calor, humano.
Falei de energias renováveis e da sua ligação ao calor da terra e de o aquecimento cerebral que nos propicia o conhecimento, que são estes espaços, o convivio e as leituras.
Passei por vários momentos, excelentes momentos de densidade e informação, que quer dizer investigação e elaboração sobre essa, deste livro notável " El Balneario" que lamentávelmente não está traduzido para português. Julgo que o termalismo nacional teria interesse em patrocinar, até ilustrada a sua edição!
Também tive ocasião de além do calor humano ser presenteado por um cinzelado livro de poesia, pela esposa de Martins de Carvalho, que não posso deixar de recomendar. Palavras ajustadas ao sentido da vida, e dos sopros de alma que lhe dão significada e luz.

"O raio rompe a nuvem
a água brota da fonte
o relincho da égua"

este é meu para que a vida continue.
e aqui:https://www.flickr.com/photos/casaldaeirabranca/albums/72157665233292954

Labels: , ,

 
Tuesday, April 19, 2016
 
Julgo que a primeira vez que ocorri com ele foi no congresso, o único congresso, da LUAR.
o homem já era um mito vivo e, como hoje, um poço de energia e clareza de ideias e acções.
Era o período revolucionário, voltei a cruzar-me com ele na Torrebela e depois na UEDS, onde convergimos, bebemos uns púcaros e julgo que pouco depois nasciam as meninas.
Fui ocorrendo com Camilo, por aqui, por ali, por acolá. Acompanhando as organizações em que ele se envolveu, também, e lendo os seus livros, de uma enorme riqueza documental, e importância cruciais para o conhecimento da história, as lutas e sonhos da oposição ao Estado Novo.
Merece, como poucos, o nosso carinho, nacional e a nossa ternura.
Viva o camarada Camilo Mortágua!

Labels:

 
 
Já não tenho a certeza se foi na Sicília ou em Malta que vi uns Caravaggio's notáveis, (a cabeça de S. João Baptista!).
É um pintor espesso e atormentado por visões místicas, relacionadas também com a sua ascese sexual e o tempo.
Aqui um dos seus quadros de referência:
a discussão com a morte, de um santo (não o somos todos?).
Hoje uma insómnia colocou-me no quadro dessa discussão, filosófica.
Todas as palavras são a mesma palavra. O pensamento não tem temperatura. A vida é um contínuo.

Labels: , ,

 
Monday, April 18, 2016
 
Conheço bem o Brasil. Tenho muitos amigos brasileiros, falei durante uns tempos brasileiro e ainda o leio. Já aqui escrevi sobre o processo de destituição de Collor de Melo, onde independentemente de evidências de corrupção (mas no Brasil não há um único político, salvo excepções que as poderá haver, raras, raríssimas, que não esteja até ao cocoruto no Lava.Jato ou outro lava qualquer) era um presidente a abater pela contra-insurgência, devido a ter mexido nos interesses do lobby militar e industrial (e na nuclear e nos grandes agrários e noutros vespeiros). Uma esquerda tonta fez o jogo da dessa tropa "fandanga" e Collor e os melhores ministros que o Brasil teve foram corridos.
Agora temos um novo caso. Agora a esquerda clama que há golpe de Estado. Onde estavam então, quando, então sim houve e eles promoveram um claro golpe!?
Há, sejamos claros, clarinhos, um conjunto de ilegalidades praticadas com dolo pela presidente, com o intuito ( esse é o meu pensamento) de encobrir a grande a enorme corrupção que envolve o grupo de Lula e do PT, muitos dos quais, os principais, já estão na prisa, recordemos esse facto.
Claro que os que lhe vão tomar o lugar não estão mais limpinhos que ela, mas é claro que esta limpeza vai criar condições para uma reforma do sistema político, eleitoral e social no Brasil.
A esquerda por cá, e até alguns comentadores que são de área central, clama ao golpe de Estado.
Mas como?
Foi tudo de acordo com a lei e os procedimentos que eles já haviam utilizado!
Dilma irá demitir-se nos próximos dias. Golpe só na transparência e credibilidade do políticos brasileiros, que o grupo de Lula, Lula da Silva e os seus compadres, já sabemos onde deveriam estar.
Ai, Brasil, Brasil...

Labels: ,

 
Sunday, April 17, 2016
 
Está no Museu d'Orsay até 17 de Julho, o alfandegário Rousseau, pintor da minha preferência, dois dos meu livros têm-no a ilustrar a capa e dar entrada ao conteúdo, sobre a natureza e o espírito.
Aqui a capa de um deles:

Labels: , ,

 
Friday, April 15, 2016
 
Nuclear, em Portugal:
https://youtu.be/PNo0YpFSqbo
e petróleo:
https://youtu.be/QQD0t1twd4o

Labels: , ,

 
Wednesday, April 13, 2016
 
Tenho andado em movimento e por isso um pouco relapso por aqui.
Tenho andado em movimento num veículo de substituição, na mais completa ilegalidade, atribuível a esta empresa SANTOGAL, onde tenho simpatia pelos funcionários, mas tem uma gestão e uma gerência relapsa e incapaz e uma administração que deve andar pelo Panamá.
Hoje enviei esta queixa à ANECRA:
"
Ex.mos srs
Venho denunciar o comportamento descortês e de enorme desconsideração com que tenho sido vitimado pela Santogal, pela sua gerência errática e administração, que penso, inexistente, pese a simpatia e acolhimento dos funcionários dessa empresa, empresa das vossas relações.
Esse facto poderá ser-vos irrelevante.

Não o poderá ser é, contrariando a legislação, que há mais de 10 dias, (quando é sabido que no âmbito da minha profissão de escritor e conferencista, faço milhares de Kms mensais), me tenham colocado como veículo de substituição um #dikie toy" que não chega aos 120 em autoestrada e não ultrapassa um camião TIR em estrada, e me tem provocado muitas dores nas costas.

Ao contrário da expectativa, passados 18 dias de oficina sou informado que o meu carro ainda não está em condições.

Amanhã dirigir-me-ei às 8.30 à oficina ou para ter o carro de volta ou para me darem um compatível com esse, e de acordo com a lei.
Envio-vos este mail para vos dar conhecimento da atitude absurda e lesiva do consumidor desta empresa (Santogal) e solicitar a vossa melhor atenção,
CC
"
Não sei como se pode acumular tanta incompetência na gestão.


Labels: , ,

 
Sunday, April 10, 2016
 
Está a chegar a efeméride, os 30 anos do acidente de Chernobyl.
http://elpais.com/elpais/2016/03/11/eps/1457722766_979859.html
haverá muito que contar...
Mas é fundamental não esquecer, recordar e continuar a lutar pelos direitos e a sustentabilidade.

Labels: , ,

 
Saturday, April 09, 2016
 
Hoje leio com o interesse habitual e deleite pela qualidade de fotos
e curiosidades, além de matéria de registo, um notável artigo sobre "os refúgios" das espécies e a sua adaptação.
Valeu-me a compra um pouco de proselitismo pelo cerre de Almaraz, que vai fazendo caminho...

Labels: , ,

 
Friday, April 08, 2016
 
Hoje no El Pais há um interessante artigo sobre o presunto. As suas rotas e o turismo que lhe está associado, associado ao animal, o porco preto, o pata negra, e a seu percurso depois de morto, a salgadeira, o secadeiro, e no entremeses o seu manuseamento, discreto.
Até chegar ao prato onde segundo a autora fica ainda mais delicia regado com um bom azeite!
Presunto há por aqui
uma feira com alterações e menos enchidos que outros anos, mas com variedade e sabores de 1ª.
E o tempo. Este, aqui.

Labels: ,

 
Wednesday, April 06, 2016
 
Saiu mais um contributo da Comissão Europeia, uma larga, demasiado larga esmola desta para a indústria nuclear, contrariando todos os princípios de uma economia liberal e da lógica de mercado livre.
Ineficaz do ponto de vista de custo, ambientalmente perigosíssima e com resíduos para o infinito e sem solução, sem contribuir minimamente para um novo paradigma energético e social a nuclear não é solução.
Aqui:
http://www.greens-efa.eu/eu-nuclear-industry-analysis-15379.html
um parecer limpo!
No momento em que em Espanha se começa a sentir o peso da vertigem, do risco e dos problemas dos sistemas das centrais (sobretudo de Almaraz!) e incompreensível, ou não conhecendo os antecedentes do Comissário da Energia o Sr. Cañete, como a Comissão se pode mostrar tão proteccionista e insensível ambiental e socialmente.
Deve haver Panamá pelo meio.

Labels: , ,

 
Monday, April 04, 2016
 
Este é um dos meus empenhos:
http://carmoeatrindade.blogspot.pt/
com notícias que não vou repetir aqui.
Mas trago hoje, embora a data da minha intervenção ainda seja longínqua...
as termas e as Caldas e arredores são outro dos meus empenhos....

Labels: , , , ,

 
Sunday, April 03, 2016
 
Só cerca de 15% do IRS, o que quer dizer menos de 15% dos portugueses o disponibiliza, sendo  que não tem quaisquer custos pessoais e auxilia uma instituição que apoiemos, o
para apoios sociais.
O meu aqui:
http://www.amnistia-internacional.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=2429

Labels: ,

 
Friday, April 01, 2016
 
Não resisto a trazer aqui uma reflexão que fiz circular pela rede, por diversas listas:
"
Sigo com grande regularidade os preços dos mercados primários de energia.
Nunca o urânio esteve tão barato, tem que se recuar muito na história
para encontrar petróleo ao preço actual.
Outros minérios também estão de rastos.
Por isso é para mim inexplicável (ou não, se se souber que a história
da mineração está sempre ligada às maior agiotagem...), mas embora o
parêntese continua a ser para mim difícil de perceber porque razão
mesmo continuam empresas como a Berkeley ou agiotas como  Sousa
Cintra a querer esburacar...
Bom atrás da árvore está o bandido.
Hoje esta:
http://politica.elpais.com/politica/2016/03/31/actualidad/1459452632_536807.html
é claro as negociatas do costume, um povo velho e gentes facilmente
manobráveis, um "alcalde" corrido, envelopes e outras prebendas.
Tudo uma canalhada, desculpem a raiva que ando com pouca paciência.
"

Labels: , ,

 
civetta.buho@gmail.com

ARCHIVES
06/01/2003 - 07/01/2003 / 07/01/2003 - 08/01/2003 / 08/01/2003 - 09/01/2003 / 09/01/2003 - 10/01/2003 / 10/01/2003 - 11/01/2003 / 11/01/2003 - 12/01/2003 / 12/01/2003 - 01/01/2004 / 01/01/2004 - 02/01/2004 / 02/01/2004 - 03/01/2004 / 03/01/2004 - 04/01/2004 / 04/01/2004 - 05/01/2004 / 05/01/2004 - 06/01/2004 / 06/01/2004 - 07/01/2004 / 07/01/2004 - 08/01/2004 / 08/01/2004 - 09/01/2004 / 09/01/2004 - 10/01/2004 / 10/01/2004 - 11/01/2004 / 11/01/2004 - 12/01/2004 / 12/01/2004 - 01/01/2005 / 01/01/2005 - 02/01/2005 / 02/01/2005 - 03/01/2005 / 03/01/2005 - 04/01/2005 / 04/01/2005 - 05/01/2005 / 05/01/2005 - 06/01/2005 / 06/01/2005 - 07/01/2005 / 07/01/2005 - 08/01/2005 / 08/01/2005 - 09/01/2005 / 09/01/2005 - 10/01/2005 / 10/01/2005 - 11/01/2005 / 11/01/2005 - 12/01/2005 / 12/01/2005 - 01/01/2006 / 01/01/2006 - 02/01/2006 / 02/01/2006 - 03/01/2006 / 03/01/2006 - 04/01/2006 / 04/01/2006 - 05/01/2006 / 05/01/2006 - 06/01/2006 / 06/01/2006 - 07/01/2006 / 07/01/2006 - 08/01/2006 / 08/01/2006 - 09/01/2006 / 09/01/2006 - 10/01/2006 / 10/01/2006 - 11/01/2006 / 11/01/2006 - 12/01/2006 / 12/01/2006 - 01/01/2007 / 01/01/2007 - 02/01/2007 / 02/01/2007 - 03/01/2007 / 03/01/2007 - 04/01/2007 / 04/01/2007 - 05/01/2007 / 05/01/2007 - 06/01/2007 / 06/01/2007 - 07/01/2007 / 07/01/2007 - 08/01/2007 / 08/01/2007 - 09/01/2007 / 09/01/2007 - 10/01/2007 / 10/01/2007 - 11/01/2007 / 11/01/2007 - 12/01/2007 / 12/01/2007 - 01/01/2008 / 01/01/2008 - 02/01/2008 / 02/01/2008 - 03/01/2008 / 03/01/2008 - 04/01/2008 / 04/01/2008 - 05/01/2008 / 05/01/2008 - 06/01/2008 / 06/01/2008 - 07/01/2008 / 07/01/2008 - 08/01/2008 / 08/01/2008 - 09/01/2008 / 09/01/2008 - 10/01/2008 / 10/01/2008 - 11/01/2008 / 11/01/2008 - 12/01/2008 / 12/01/2008 - 01/01/2009 / 01/01/2009 - 02/01/2009 / 02/01/2009 - 03/01/2009 / 03/01/2009 - 04/01/2009 / 04/01/2009 - 05/01/2009 / 05/01/2009 - 06/01/2009 / 06/01/2009 - 07/01/2009 / 07/01/2009 - 08/01/2009 / 08/01/2009 - 09/01/2009 / 09/01/2009 - 10/01/2009 / 10/01/2009 - 11/01/2009 / 11/01/2009 - 12/01/2009 / 12/01/2009 - 01/01/2010 / 01/01/2010 - 02/01/2010 / 02/01/2010 - 03/01/2010 / 03/01/2010 - 04/01/2010 / 04/01/2010 - 05/01/2010 / 05/01/2010 - 06/01/2010 / 06/01/2010 - 07/01/2010 / 07/01/2010 - 08/01/2010 / 08/01/2010 - 09/01/2010 / 09/01/2010 - 10/01/2010 / 10/01/2010 - 11/01/2010 / 11/01/2010 - 12/01/2010 / 12/01/2010 - 01/01/2011 / 01/01/2011 - 02/01/2011 / 02/01/2011 - 03/01/2011 / 03/01/2011 - 04/01/2011 / 04/01/2011 - 05/01/2011 / 05/01/2011 - 06/01/2011 / 06/01/2011 - 07/01/2011 / 07/01/2011 - 08/01/2011 / 08/01/2011 - 09/01/2011 / 09/01/2011 - 10/01/2011 / 10/01/2011 - 11/01/2011 / 11/01/2011 - 12/01/2011 / 12/01/2011 - 01/01/2012 / 01/01/2012 - 02/01/2012 / 02/01/2012 - 03/01/2012 / 03/01/2012 - 04/01/2012 / 04/01/2012 - 05/01/2012 / 05/01/2012 - 06/01/2012 / 06/01/2012 - 07/01/2012 / 07/01/2012 - 08/01/2012 / 08/01/2012 - 09/01/2012 / 09/01/2012 - 10/01/2012 / 10/01/2012 - 11/01/2012 / 11/01/2012 - 12/01/2012 / 12/01/2012 - 01/01/2013 / 01/01/2013 - 02/01/2013 / 02/01/2013 - 03/01/2013 / 03/01/2013 - 04/01/2013 / 04/01/2013 - 05/01/2013 / 05/01/2013 - 06/01/2013 / 06/01/2013 - 07/01/2013 / 07/01/2013 - 08/01/2013 / 08/01/2013 - 09/01/2013 / 09/01/2013 - 10/01/2013 / 10/01/2013 - 11/01/2013 / 11/01/2013 - 12/01/2013 / 12/01/2013 - 01/01/2014 / 01/01/2014 - 02/01/2014 / 02/01/2014 - 03/01/2014 / 03/01/2014 - 04/01/2014 / 04/01/2014 - 05/01/2014 / 05/01/2014 - 06/01/2014 / 06/01/2014 - 07/01/2014 / 07/01/2014 - 08/01/2014 / 08/01/2014 - 09/01/2014 / 09/01/2014 - 10/01/2014 / 10/01/2014 - 11/01/2014 / 11/01/2014 - 12/01/2014 / 12/01/2014 - 01/01/2015 / 01/01/2015 - 02/01/2015 / 02/01/2015 - 03/01/2015 / 03/01/2015 - 04/01/2015 / 04/01/2015 - 05/01/2015 / 05/01/2015 - 06/01/2015 / 06/01/2015 - 07/01/2015 / 07/01/2015 - 08/01/2015 / 08/01/2015 - 09/01/2015 / 09/01/2015 - 10/01/2015 / 10/01/2015 - 11/01/2015 / 11/01/2015 - 12/01/2015 / 12/01/2015 - 01/01/2016 / 01/01/2016 - 02/01/2016 / 02/01/2016 - 03/01/2016 / 03/01/2016 - 04/01/2016 / 04/01/2016 - 05/01/2016 / 05/01/2016 - 06/01/2016 / 06/01/2016 - 07/01/2016 / 07/01/2016 - 08/01/2016 / 08/01/2016 - 09/01/2016 / 09/01/2016 - 10/01/2016 / 10/01/2016 - 11/01/2016 / 11/01/2016 - 12/01/2016 / 12/01/2016 - 01/01/2017 / 01/01/2017 - 02/01/2017 / 02/01/2017 - 03/01/2017 / 03/01/2017 - 04/01/2017 / 04/01/2017 - 05/01/2017 / 05/01/2017 - 06/01/2017 / 06/01/2017 - 07/01/2017 / 07/01/2017 - 08/01/2017 / 08/01/2017 - 09/01/2017 / 09/01/2017 - 10/01/2017 /


Powered by Blogger