insignificante
Friday, February 28, 2014
 
Ganhou um prémio em Angoulême e já  está a caminho:
é uma das lutas históricas, e como Ferrel bem sucedida, contra a nuclear, e esta num país em que o todo nuclear domina o poder e a oposição.
Conheci a luta no seu tempo, mas já a tinha esquecido.
Recordá-la-ei, e com ela alguns camaradas.

Labels: ,

 
 
Não há palavras, não há.
Os comunistas portugueses continuam a apoiar o camarada Kim, em nome do socialismo!:
julgo que não é este, mas o pai ou o filho. Um dos que alimenta os cães, com o tio, ou o cunhado ou ou genro, e também com crianças, conforme relatório das Nações Unidas, e que deixa mais de metade da população (seguindo o exemplo de Lenine e Staline...) morrer à fome, claro que são grandes agrários e contra-revolucionários.
Cada cavadela, cada minhoca.
Já não há palavras.

Labels:

 
Thursday, February 27, 2014
 
Hoje estive com 400 ou 500 jovens a explicar-lhes a vida e a energia que a organiza.
Foram momentos gratos.
Depois livros em acabamento, enquanto não mergulho nos 40 anos de democracia e ambiente.
E lendo os jornais, agora acumulados, encontro a reabertura de Altamira:
o sonho nunca se encerra.

Labels:

 
Wednesday, February 26, 2014
  Paco de Lucia - Live at the Montreux Jazz Festival 2012 (HD)


Aqui ao vivo, porque os imortais são-no sempre.

Labels:

 
Saturday, February 22, 2014
 
Há muito que deixei o tabaco, mesmo como complemento.
Mas recordo a notável publicidade...
Cheguei a fumar Camel só por causa do raio do bicho...

mas acabo de ler o engraçado e audaz:
que não trazendo nada, ou quase nada de novo, é elemento para a luta contra o politicamente correcto e a restrição aos direitos individuais.

Labels: ,

 
Friday, February 21, 2014
 
O nome deste blog tem que ver com este livro da Julia, e com leituras de Chomsky, e memórias de Saussure...
Este livro é uma pequena delícia...
a língua, palavra e o seu sentido no discurso.
Discurso, palavra, discussão sobre essa e o seu sagrado, é o tema de um livro, pedra para romper cabeças duras e fanatismos, que nos ilumina sobre o Corão e os ditos que o qualificam:
uma viagem pela palavra e o seu contexto.


Labels:

 
Thursday, February 20, 2014
 
Têm-me acompanhado, quase desde o início do mês duas Julias.
Acabo agora com o 1º
livro escrito com o culto da palavra, se bem que também com a estória de uma geração por ela entrelaçada.
Um livro onde a linguista está presente na linguagem que se escava, para dar lugar, também, aos corpos e aos prazeres.
Que atingem momentos sublimes.


Labels: ,

 
 
Hoje voltei a montar o Catatau. É um momento de tranquilidade.
Antes e depois jornais (uma interessante entrevista de Jorge Moreira da Silva) e finalmente a leitura do:
Recordo que fui "apresentado" a Foucault pelo Emídio Rosa Oliveira, no inicio dos anos 80, ainda era vivo.
As suas aulas (Emídio) eram um momento único, eram de um verdadeiro especialista no pensamento estrutural e estruturado de Foucault, e de um amante das palavras e das ideias que as fazem.
Li muito dele (Foucault) graças a esse tempo.
Este dossier, embora os "inéditos" não sejam muitos, faz uma boa revisão da matéria dada e em permanente desenvolvimento.
Com o outro tempo chuvoso, enquanto se toma chá e ouve Bach.

Labels:

 
Wednesday, February 19, 2014
 
Tenho acompanhado, mais de perto ainda, os últimos tempos a Gazeta das Caldas, jornal onde em diversos períodos permanentemente, ou intermitentemente, tenho tido um espaço de escrita e opinião.
A crise, problemas de gestão acumulados com essa, a recessão e a diminuição de publicidade, o aumento de custos, felizmente dominados por medidas de gestão, a recuperação de créditos, tudo isto no momento recessivo, tem levado a um apertar do cinto, e reestruração da equipa do jornal, que terá que ser continuada.

A procura de novos ganchos no mercado da informação, a produção de suplementos, mas também seguir o que é a prática dos jornais em geral, a venda de produtos articulados com a região e o jornal, desde livros a cerâmicas, além de actividades relacionadas com as empresas locais.
 Vamos ver se conseguimos remendar alguns rombos e continuar a navegar em Caldas, junto das comunidades e também como referente no país!

Mas hoje volto novamente ao Libé (embora o que se passa no melhor jornal do mundo seja preocupante, o El Pais!, e não voltei aqui a referir a vigarice e chulice que são as Claves, porque já perdi a paciência..!).
A transformação do Libé num não jornal que face ao descalabro económico do mesmo é prevista pela administração e os principais accionistas.

O tema merece reflexão, hoje só trago aqui a magnífica 1º página:


Labels: ,

 
 
As montanhas dormem-
ruído dos óculos
postos na secretária
Imai Sei

Hoje mais arrumações, mais dados e elementos para a "escrita".
E um filme bonito, com excelentes interpretações, como se fosse teatro, e uma excelente condução pela voz off.
Nunca esquecer, nunca deixar de recordar...
os livros ardem, lá dentro a palavra da vida!

Labels: ,

 
 
Hoje deu-me para pensar na capa... da obra em progresso...
Este espectacular Sísifo de Tiziano...

Labels:

 
 
Já aqui devo ter publicado várias vezes a grande onda de Katsushika Hokusai,
mas é julgo que é a primeira vez que aqui trago o meu amigo Carlos Cupeto, que está, também neste artigo do Mirante, em grande sintonia com o que penso e tenho espalhado:

"
No balanço dos efeitos no litoral da tempestade no mar foi possível ver o ridículo de um responsável de uma escola de surf a mostrar computadores portáteis danificados e o caos em que ficaram as instalações da escola. Isto, obviamente, para em seguida reivindicar o apoio do Estado. Entre outras questões mais profundas este, ainda jovem, gestor deve pensar em mudar de profissão, não basta o surf estar na moda.
A cena repetiu-se por todo o país, muitas barracas (a que chamam bares, restaurantes, escolas, etc.) foram ao ar – nada que não se soubesse que iaacontecer e que vai voltar a acontecer - e o Estado é chamado a pagar.
(…) 
Aliás, este é o drama essencial do nosso país - gasta-se o dinheiro mal. Gasta-se dinheiro a alimentar com areia praias que há muito já nãoexistem e depois faltam os recursos para o essencial.
É fácil, muito fácil de compreender.
Obviamente que o Estado é co-responsável pelocaos que é o desordenamento do litoral e deve assumir as suas responsabilidades. Toda a gente construiu o que quis onde quis. Todos nós pagámos e continuamos a pagar os monstruosos custos dos erros no litoral, designadamente debaixo do argumento, que agora tanto se ouviu, do interesse do turismo. Muitos (quase todos diria eu! nota minha) dos autarcas deram cobertura ao crime social, económico e ambiental da construção em dunas, em arribas, em praias, etc., e assim se ganharam eleições.

Basta de demagogia, este é pois o momento certo, a grande oportunidade para inverter o caminho.
Para deixarmos, de vez, de tapar o sol com a peneira, assumir responsabilidades e fazer uma avaliação séria do que, em cada situação, deve ser feito. Certamente que a melhor decisão em muitas situações será nada fazer.
Sabemos que este tipo ocorrências naturais vai ser cada vez mais frequente. Também sabemos os
grandes erros que cometemos no passado – o mar mostrou-o a quem fingia que não sabia – e felizmente também sabemos fazer bem.
Por tudo isto, não faz sentido que, à sequência de lamúria dos mais diretamente afetados, muitos
deles sem a menor legitimidade pela prevaricação histórica das mais elementares regras legais e de bom senso, respondam as autoridades responsáveis com anúncio de milhões para reconstruir.
Vamos esperar para ver, mas um dia destes, inevitavelmente, o mar vai voltar a mostrar onde está
a razão.
Será necessário uma qualquer troika dizer-nos o que deve ser feito?
Vamos insistir na mentira até quando?
Carlos A Cupeto
"
Os tempos estão difíceis para quem pensa sobre o pensamento.

Labels:

 
Tuesday, February 18, 2014
 
Já há algum tempo que ando para publicar estes dados, que mostram que a aposta nas energias suaves, renováveis é um dos eixos da sustentabilidade:

Labels:

 
 
Para os amantes...
um excelente catálogo de Henri Cartier-Bresson.

Labels:

 
Monday, February 17, 2014
 
Continuo o Samourais da Julia (Kristeva) romance sobre a escrita e a sua realidade, e leio Zygmunt Bauman, que descoberta!
um livrinho sem muito de novo a não ser os encaixes, as ligações do poder ao consumo e à acumulação desmesurada de riqueza e desigualdades.
A referência a Elias Caneti no fim do livro coloca-nos perante o peso, também, da palavra e o seu impacto na realidade, no quotidiano.
Um livro pode fazer diferença?


Labels:

 
 
Havia nos tempos do PREC um Partido Comunista, creio que o PCR que era adepto da "famosa" teoria Zuche, que tinha no "rolha", o Marechal Costa Gomes, um dos seus apoiantes.
Lembro-me que o Jorge Nascimento Rodrigues (distraído!) chegou a ser um dos dirigentes dessa seita.
Entretanto todos esses partidos ou se diluiram na UDP (hoje no BE) ou perderam a ligação à tal ideia, que passou a ser adoptada pelo soviético CPPC, do tenebroso Silas Serqueira (que me escorraçou várias vezes das suas missas, e mandou a sua capagagem a agredir-me e expulsar-me de encontros pela paz soviética (onde eu ia pregar aos peixes...), além de ter maltratado (o que até motivou audiências parlamentares) os jovens dos Amigos da Terra e dos Objectores de Consciência numa das suas marchas pró União Soviética.
A Coreia do Norte continua nos dias de hoje a ser um dos faróis do Avante e um dos países que para o P.C.P. merece apoio como socialista a caminho do comunismo...., com um partido irmão no poder (apesar de ser uma monarquia cleptocrática e sanguinária).
O João Amaral se fosse vivo morreria outra vez.
Ainda recentemente o camarada Kim Bernardino deu uns vivas ao seu camarada Kim qualquer coisa.
Não tem crédito, nem possibilidade desse quem continua a negar a realidade e usar a palavra sem ligação com a realidade.
Aqui:
http://www.huffingtonpost.es/2014/02/17/onu-informe-corea norte_n_4803321.html?utm_hp_ref=spain
As Nações Unidas, a Amnistia Internacional, quem tem moralidade e ética só pode abominar este execrável ditador e a sua campagagem. E quem os apoiar.

Labels: , ,

 
Saturday, February 15, 2014
 
Ainda falta muito tempo, embora já estejam todos com calores, até 25 de Maio.
Nesse dia, salvo algum "incidente" estarei, o que nunca fiz nestas eleições, longe da mesa de voto.
Votei duas vezes no Miguel Portas, e na 2ª também na Marisa e no Rui.
O Bloco entretanto "udepizou-se", voltou a ser um pczinho,, terá muita sorte, muita mesmo se conseguir eleger a Marisa, o que devo dizer duvido muito.
e tenho pena, porque ela (assim como o Rui, que verá que o Livre é um grande flop!) tem cumprido bem o papel de eurodeputada, mas a deriva do BE torna impossível o voto, seja o meu, seja o aconselhamento e campanha (que sem querer ser juiz em causa própria, valerá umas centenas de votos!).
Mas, ainda sujeito a alterações, não tenho candidato, não tenho campanha, e não posso votar num partido europeu!
Estas eleições estão riscadas. Mais tempo, esse, para acabar umas escritas.

Labels: ,

 
Friday, February 14, 2014
 
-->
Estive num muito interessante seminário sobre impactes ambientais de plantas invasoras, dia 12 Fevereiro e não resisto a trazer aqui algumas questões soltas.

Jornadas FCUL/CESAM: Exóticas, invasoras e o seu impacto no Ambiente e Saúde Pública


Retive diversas ideias sobre o controle biológico de Acacia longifolia, que me motivam, dúvidas, perplexidades e até preocupações, mas dado que o trabalho manual de remoção e até a ajuda de gado caprino não parece deter a proliferação, parece-me que o combate com espécies introduzidas com as precauções adequadas poderá ser uma boa solução.

Já o nemátode parece-me que se por um lado até pode ser uma ajuda (no caso da Madeira) para o extermínio do pinheiro de áreas onde é invasivo (na Laurisilva),  e a recuperação da actividade de recolha de resina, conforme foi referido sem desenvolvimento pode ser uma forma de reduzir o impacto deste “bicharoco”, além da sua remoção (da madeira de pinho) para biomassa também ser uma das vias de reduzir a dispersão, mas não chega, conforme foi explicado!
Problema, também, complicado é a introdução (importação) de madeiras contaminadas e a omissão de controle em vigor!, mas esse julgo que é matéria com pano para mangas.
Ver também  www.isefor.pt

Não assisti à sessão da parte da tarde sobre Saúde, mas o problema da malária como aqui sabem, tem sido uma das minhas preocupações constantes e também já por diversas vezes abordei a questão do dengue e as alterações climáticas.

Labels:

 
 
Fui à estreia da nova peça do Teatro da Rainha, em Caldas da mesma.
Uma peça notável de Martin Crimp, muito bem trabalhada (em todos os aspectos!) e com notáveis interpretações.
A peça é sobre o "fascismo vulgar", ou seja sobre o pensamento insidioso que o justifica, nos silêncios e no que é dito.
Tudo parece vulgar, tudo parece ontem, hoje e amanhã, digerível, com o "seu" sentido.
Os actores (Isabel Lopes, Carlos Borges e Inês Barros) parece que estão na nossa sala, o seu discurso pode lá estar...
Uma excelente noite para alimentar o pensamento, ou uma dentada na maça... (boa José Carlos!)

E não quero deixar de mencionar o excelente livrinho/programa que foi produzido!

Labels:

 
 
Ontem da parte da manhã estive na escola da Benedita a apresentar as "energias suaves".
Encontrei:
bem acompanhado...
em paredes amplamente transbordantes de pintores...

Labels: ,

 
Tuesday, February 11, 2014
 
Ainda hoje sou vendedor destas peças.
Claro que não estou a falar dos biquinhos...

Labels:

 
 
Nem mais!

Labels:

 
 
Hoje gravei a minha crónica para a Radio Montemuro.
Falei de Valdecañas e da vitória da lei, do direito e do ambiente, da ADENEX de Ecologistas en Accion e da minha amiga Paca Blanca.
Falei da produção das renováveis de Janeiro 78% da electricidade consumida, de ontem 90%!, e dos dados notáveis do distrito de Viseu nesse mês.
Falei das inundações, da sua antecipação, da protecção e prospectiva, e da directiva europeia sobre inundações, bem estruturada, mas infelizmente no olvido da implementação!
E falei da PALOMBAR, e do seu trabalho e empenho notáveis, na recuperação, um "cachico", um "cachico" aqui ali e acolá, do/no planalto de Miranda.

Labels: , ,

 
Sunday, February 09, 2014
 
De hoje, no El Pais:
 A Paca, uma verdadeira heroína, feliz!
E não quero deixar de referir os amigos da ADENEX e Ecologistas en Accion, que foram as estruturas que deram força a este combate.

Labels:

 
 
Venho hoje trazer aqui esta importante notícia, que passou ao lado dos nossos jornais que hoje vivem dos fait divers, de caras e cús, sem qualquer sentido nem qualidade:
http://sociedad.elpais.com/sociedad/2014/02/06/actualidad/1391721534_218496.html
a importantíssima vitória do direito e do ambiente contra a especulação e o arrivismo económico.
A minha querida amiga Paca Blanco, para quem organizei um abaixo assinado da apoio, que recolheu um largo espectro político, social e ambiental nacional é o epicentro desta vitória, e em conversa com ela tive ocasiõ de partilhar um pouco da sua felicidade.
La lucha continua.

Labels:

 
Saturday, February 08, 2014
 
Carregar para aumentar.

Labels:

 
Friday, February 07, 2014
 
uma garrafa de vinho velho, certamente se fosse para consumir ou de alta qualidade ou imprestável, e, embora não seja apreciador de Porto, certamente no 1º caso não deixarei de apreciar o néctar.
O Douro vinhateiro é, também, assim. Ou de alta qualidade ou aqui e ali imprestável.
De alta qualidade as estruturas em socalcos que justificam um dos nossos melhores frutos e videiras expectantes da floração que acontecerá na Primavera, onde agora, aqui e ali equipas limpam e preparam as estruturas para mais uma campanha.
Mau, muito mau é o urbanismo à pato bravo que tomou conta das terras, das vilas, aldeias e cidades (a Régua é um pavor!), que destrói o potencial único que estas também poderiam ter se adequadamente geridas, assim como inacreditáveis construções que degradam a paisagem por aqui e ali.
Bom muito bom os aproveitamentos das quintas para promoção do produto, do espaço e do lazer e estar, além da gastronomia.
Estive na Quinta Vale Abraão, transformada em http://www.aquapurahotels.com/hotel-overview.html,
excepcional espaço (embora fosse dispensável e sugiro demolição de uns horrores do piorio construidos sobre o rio...) para usufruto do tempo e do passar deste.
Gerido com simpatia, com um acolhimento caloroso e colaboradores, com fardas do melhor que tenho visto, de grande profissionalismo e simpatia, e não quero deixar de referir a excepcional cozinha, que visitámos a convite do chefe Paulo Matos, a quem profecio futuro, também, nas estrelas, que presente já tem nos magníficos empratamentos que tivemos ocasião de apreciar em extase.
Um spa de grande cuidado e competência, que ainda hoje sinto, e um espaço onde o novo se articula adequadamente com o clássico (tirando o monstro acima referido!), seja nos jardins romanticos, seja nas estruturas da casa mãe.
Uns dias em que o sonho viveu.


Labels:

 
Thursday, February 06, 2014
 
Ando com 2 Julias, os Samourais e o Langage cet Inconnu, em leitura e os dois a chegar ao fim, com eles partilhei estes dias no interior, mas para não me perder o norte li, uma curiosa recolha:
onde se relé um pouco de uma épica, com as suas invenções e reinvenções, as suas istórias e estórias.
Continua a faltar quem descodifique alguma conversa e desmonte do cavalo...

Labels:

 
 
há locais sobre os quais apetece pairar.
Pairar e ver, depois mergulhar e perceber, porque razão temos tanto património ao abandono e porque força da natureza, humana, conseguimos maravilhas com o nosso trabalho e a imaginação.
Gosto de comboios, já escrevi e vivi em muitos, e se hoje não os frequento tanto, percorro caminhos e persigo estações e estórias destas.
Estive no Pinhão
uma das estações com fabulosos paineis de azulejos, infelizmente noutras delapidados...
mas é do Castas e Pratos, na Régua que quero falar.
Lindo, uma autêntica catedral!
Desde logo na recuperação dos velhos armazéns dos caminhos de ferro, feita com esmero e numa magnifica adaptação para a sua nova função.
Aqui se degustam vinhos, e azeites!, da região, no piso térreo, que sobe, acompanhado de soberba enoteca, até ao patamar de cima, onde algumas mesas se dispõe para um acolhedor jantar, servidos com a maior simpatia pelo Pedro Esteves e colaboradores.
Tenho que referir que foi um deslumbre esta refeição enquanto os comboios da noite findavam a sua marcha à vista e ao pé.
Do vinho, da região que se bebia no cheiro, à magnifica prova de azeites, passando por umas excepcionais migas de alheira, temperadas com o divino azeite, ao tártaro de bacalhau terminando na posta suculenta, foi um tomai e comei todos celestial.
A chuva também caíu durante esta benzedura, como para agraciar a terra que dela recebe a força para lhe dar vida, mas do interior do velho armazém, agora em renascimento, fica este momento, inesquecível.
Aqui:www.castasepratos.com

Outro local, aqui recomendado e desde já onde voltaremos... certamente.

Labels:

 
 
Envia-me o meu velho amigo Jeremias (old goat!), do fim do mundo no Canáda, uma foto, que aqui reproduzo, com uma amistosa nota.


 (...)

I thought you might like to have this photograph - a portrait of my beautiful wife, with me.

Cheers e abracos

Jeremias
mas o cabritinho, parece mais o que comi ao almoço que o velho Jeremias...




Labels:

 
 
Viajamos atrás de uma paisagem, de um momento, de um sabor, de gentes e coisas.
Sou um apreciador de um repasto integrado no ambiente, da história dos locais onde como e do que lhe sujaz.
Passei por Coimbra e fui ao http://www.restaurantenacional.pt/, que é um dos templos da restauração, e também de alguma da estória de Coimbra.
Comi uma magnifica lampreia, no seu caldo, acompanhada de um verde tinto. A quantidade era muito, muito aprazível, a amabilidade a habitual.
Uma noite chuvosa com estrela!
Também estrela para http://www.restaurantenovo.com/, onde comemos um cabritinho que ainda me faz lamber os dedos. Simpático e com uma excelente bola de aperitivo. O vinho da casa recomenda-se.
Restaurantes para registo e, certamente, regresso!

Labels:

 
Sunday, February 02, 2014
 
Amanhã estarei de viagem. Mas antes ainda gravarei a crónica para a Rádio Montemuro.
Falarei do escandalo dos edificios com amianto, e que não é só a vergonha do da DGGE.
Falarei da Alforgica e dos burros de Miranda e a sua continuidade.
Talvez fale do relatório para a União Europeia dos Sindicatos de Andreas Fischer-Lescano sobre o austerícidio.
E falarei, certamente, da conferência do Alandroal.
Referirei a minha intervenção, a qualidade da generalidade das comunicações, a necessidade de da próxima não aceitar a pressão política da camara do Alandroal e ter um o presidente da Assembleia Municipal a debitar uns disparates sem qualquer sentido, e evitar ter a intervenção do Prof. Moisés Espirito Santo, que está fora do tema...e divaga, nem sempre com jeito, com foi o caso da mal analisada moeda!!!.
E referir que é importante diferenciar o que é património imaterial e o que é cultura popular, ou popularucha, e fazer enquadramentos do passado para o presente e não misturar tudo, o que desvaloriza tudo... aquela da mobilia não lembraria ao careca!!!
Se tiver tempo escreverei um artigo, senão ficará o comentário para memória futura!
E estive em Nisa, jantei na Regata
https://www.facebook.com/pages/Restaurante-Regata-Alpalh%C3%A3o-Nisa-Portalegre/164466400268969
EXCELENTE!
 e hoje almocei na Taverna da Vila, a ouvir bom faduncho! e com uma excelente companhia.
Fantástico, e a boa amizade, Obrigado Paulo Bagulho!
https://www.facebook.com/TavernaDaVila

Labels: ,

 
civetta.buho@gmail.com

ARCHIVES
06/01/2003 - 07/01/2003 / 07/01/2003 - 08/01/2003 / 08/01/2003 - 09/01/2003 / 09/01/2003 - 10/01/2003 / 10/01/2003 - 11/01/2003 / 11/01/2003 - 12/01/2003 / 12/01/2003 - 01/01/2004 / 01/01/2004 - 02/01/2004 / 02/01/2004 - 03/01/2004 / 03/01/2004 - 04/01/2004 / 04/01/2004 - 05/01/2004 / 05/01/2004 - 06/01/2004 / 06/01/2004 - 07/01/2004 / 07/01/2004 - 08/01/2004 / 08/01/2004 - 09/01/2004 / 09/01/2004 - 10/01/2004 / 10/01/2004 - 11/01/2004 / 11/01/2004 - 12/01/2004 / 12/01/2004 - 01/01/2005 / 01/01/2005 - 02/01/2005 / 02/01/2005 - 03/01/2005 / 03/01/2005 - 04/01/2005 / 04/01/2005 - 05/01/2005 / 05/01/2005 - 06/01/2005 / 06/01/2005 - 07/01/2005 / 07/01/2005 - 08/01/2005 / 08/01/2005 - 09/01/2005 / 09/01/2005 - 10/01/2005 / 10/01/2005 - 11/01/2005 / 11/01/2005 - 12/01/2005 / 12/01/2005 - 01/01/2006 / 01/01/2006 - 02/01/2006 / 02/01/2006 - 03/01/2006 / 03/01/2006 - 04/01/2006 / 04/01/2006 - 05/01/2006 / 05/01/2006 - 06/01/2006 / 06/01/2006 - 07/01/2006 / 07/01/2006 - 08/01/2006 / 08/01/2006 - 09/01/2006 / 09/01/2006 - 10/01/2006 / 10/01/2006 - 11/01/2006 / 11/01/2006 - 12/01/2006 / 12/01/2006 - 01/01/2007 / 01/01/2007 - 02/01/2007 / 02/01/2007 - 03/01/2007 / 03/01/2007 - 04/01/2007 / 04/01/2007 - 05/01/2007 / 05/01/2007 - 06/01/2007 / 06/01/2007 - 07/01/2007 / 07/01/2007 - 08/01/2007 / 08/01/2007 - 09/01/2007 / 09/01/2007 - 10/01/2007 / 10/01/2007 - 11/01/2007 / 11/01/2007 - 12/01/2007 / 12/01/2007 - 01/01/2008 / 01/01/2008 - 02/01/2008 / 02/01/2008 - 03/01/2008 / 03/01/2008 - 04/01/2008 / 04/01/2008 - 05/01/2008 / 05/01/2008 - 06/01/2008 / 06/01/2008 - 07/01/2008 / 07/01/2008 - 08/01/2008 / 08/01/2008 - 09/01/2008 / 09/01/2008 - 10/01/2008 / 10/01/2008 - 11/01/2008 / 11/01/2008 - 12/01/2008 / 12/01/2008 - 01/01/2009 / 01/01/2009 - 02/01/2009 / 02/01/2009 - 03/01/2009 / 03/01/2009 - 04/01/2009 / 04/01/2009 - 05/01/2009 / 05/01/2009 - 06/01/2009 / 06/01/2009 - 07/01/2009 / 07/01/2009 - 08/01/2009 / 08/01/2009 - 09/01/2009 / 09/01/2009 - 10/01/2009 / 10/01/2009 - 11/01/2009 / 11/01/2009 - 12/01/2009 / 12/01/2009 - 01/01/2010 / 01/01/2010 - 02/01/2010 / 02/01/2010 - 03/01/2010 / 03/01/2010 - 04/01/2010 / 04/01/2010 - 05/01/2010 / 05/01/2010 - 06/01/2010 / 06/01/2010 - 07/01/2010 / 07/01/2010 - 08/01/2010 / 08/01/2010 - 09/01/2010 / 09/01/2010 - 10/01/2010 / 10/01/2010 - 11/01/2010 / 11/01/2010 - 12/01/2010 / 12/01/2010 - 01/01/2011 / 01/01/2011 - 02/01/2011 / 02/01/2011 - 03/01/2011 / 03/01/2011 - 04/01/2011 / 04/01/2011 - 05/01/2011 / 05/01/2011 - 06/01/2011 / 06/01/2011 - 07/01/2011 / 07/01/2011 - 08/01/2011 / 08/01/2011 - 09/01/2011 / 09/01/2011 - 10/01/2011 / 10/01/2011 - 11/01/2011 / 11/01/2011 - 12/01/2011 / 12/01/2011 - 01/01/2012 / 01/01/2012 - 02/01/2012 / 02/01/2012 - 03/01/2012 / 03/01/2012 - 04/01/2012 / 04/01/2012 - 05/01/2012 / 05/01/2012 - 06/01/2012 / 06/01/2012 - 07/01/2012 / 07/01/2012 - 08/01/2012 / 08/01/2012 - 09/01/2012 / 09/01/2012 - 10/01/2012 / 10/01/2012 - 11/01/2012 / 11/01/2012 - 12/01/2012 / 12/01/2012 - 01/01/2013 / 01/01/2013 - 02/01/2013 / 02/01/2013 - 03/01/2013 / 03/01/2013 - 04/01/2013 / 04/01/2013 - 05/01/2013 / 05/01/2013 - 06/01/2013 / 06/01/2013 - 07/01/2013 / 07/01/2013 - 08/01/2013 / 08/01/2013 - 09/01/2013 / 09/01/2013 - 10/01/2013 / 10/01/2013 - 11/01/2013 / 11/01/2013 - 12/01/2013 / 12/01/2013 - 01/01/2014 / 01/01/2014 - 02/01/2014 / 02/01/2014 - 03/01/2014 / 03/01/2014 - 04/01/2014 / 04/01/2014 - 05/01/2014 / 05/01/2014 - 06/01/2014 / 06/01/2014 - 07/01/2014 / 07/01/2014 - 08/01/2014 / 08/01/2014 - 09/01/2014 / 09/01/2014 - 10/01/2014 / 10/01/2014 - 11/01/2014 / 11/01/2014 - 12/01/2014 / 12/01/2014 - 01/01/2015 / 01/01/2015 - 02/01/2015 / 02/01/2015 - 03/01/2015 / 03/01/2015 - 04/01/2015 / 04/01/2015 - 05/01/2015 / 05/01/2015 - 06/01/2015 / 06/01/2015 - 07/01/2015 / 07/01/2015 - 08/01/2015 / 08/01/2015 - 09/01/2015 / 09/01/2015 - 10/01/2015 / 10/01/2015 - 11/01/2015 / 11/01/2015 - 12/01/2015 / 12/01/2015 - 01/01/2016 / 01/01/2016 - 02/01/2016 / 02/01/2016 - 03/01/2016 / 03/01/2016 - 04/01/2016 / 04/01/2016 - 05/01/2016 / 05/01/2016 - 06/01/2016 / 06/01/2016 - 07/01/2016 / 07/01/2016 - 08/01/2016 / 08/01/2016 - 09/01/2016 / 09/01/2016 - 10/01/2016 / 10/01/2016 - 11/01/2016 / 11/01/2016 - 12/01/2016 / 12/01/2016 - 01/01/2017 / 01/01/2017 - 02/01/2017 / 02/01/2017 - 03/01/2017 / 03/01/2017 - 04/01/2017 / 04/01/2017 - 05/01/2017 / 05/01/2017 - 06/01/2017 / 06/01/2017 - 07/01/2017 / 07/01/2017 - 08/01/2017 / 08/01/2017 - 09/01/2017 / 09/01/2017 - 10/01/2017 /


Powered by Blogger